Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Covid-19 pode causar desfalques em Corinthians e Grêmio

    Ambos já possuem clássicos marcados no retorno aos campos

    Corinthians enfrenta o Palmeiras no dia 22 de julho
    Corinthians enfrenta o Palmeiras no dia 22 de julho | Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthias

    Brasil - Apesar da suspensão de diversos campeonatos por todo o país e de todo o cuidado com os jogadores, a pandemia do novo coronavírus pode causar desfalques em dois grandes times: Corinthians e Grêmio. Ambos já possuem clássicos marcados no retorno aos campos. 

    Na quarta-feira (22), Corinthians e Palmeiras se encontram na Arena Itaquera pela 11ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Com 11 pontos na tabela e ocupando a 3ª colocação do Grupo D, o Timão não deve contar com Cantillo.

    Em uma nota oficial, o clube confirmou que o colombiano apresentou sintomas como febre na última sexta-feira (10) e, desde então, foi afastado das atividades no CT Dr. Joaquim Grava. O volante testou positivo para Covid-19 e está em isolamento social, com acompanhamento médico diário. De acordo com o Corinthians, Cantillo está bem e não apresenta sintomas graves da doença.

    O time ressaltou que tem acompanhado a situação de todos os atletas, com medição de temperatura corporal e testes periódicos, e que nenhum outro jogador ou funcionário apresentou sintomas desde a reapresentação do elenco.

    Gre-Nal

    No Rio Grande do Sul, Grêmio e Internacional se enfrentam pelo Campeonato Gaúcho. Ainda sem data definida, o clássico está previsto para acontecer entre os dias 22 e 23, em partida válida pela quarta rodada do segundo turno.

    O tricolor informou que dois jogadores testaram positivo para a Covid-19, mas não revelou nomes. De acordo com o Grêmio, os atletas estão em isolamento e assintomáticos.

    O técnico Renato Gaúcho, que  passou um período da pandemia no Rio de Janeiro, também fez o teste e o resultado foi negativo

    Leia Mais

    Campeonato Catarinense é suspenso por 14 dias

    Rony, atualmente no Palmeiras, é suspenso pela Fifa

    Neymar faz dois gols em goleada do PSG por 9 a 0, no Le Havre