Fonte: OpenWeather

    Jogos Olímpicos


    Comitê Olímpico adia Jogos da Juventude para 2026

    Comitê Olímpico Internacional adia a primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude no continente africano para 2026

    COI e o presidente de Senegal anunciaram a decisão conjunta pelo adiamento
    COI e o presidente de Senegal anunciaram a decisão conjunta pelo adiamento | Foto: Divulgação

    O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou, na última quarta-feira (15), o adiamento dos Jogos Olímpicos da Juventude para 2026. O evento, que terá Dacar (Senegal) como sede, estava marcado anteriormente para 2022.

    A decisão foi tomada para que os Comitês Olímpicos Nacionais e as Federações Internacionais - que foram afetadas pelo adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021 - tenham mais tempo para organizar os preparativos das competições.

    Além disso, pesaram na deliberação os adiamentos de outros grandes eventos e as consequências operacionais e financeiras geradas pela pandemia do novo coronavírus. A proposta para remarcação partiu do presidente do Senegal, Macky Sall, ao presidente do COI, o alemão Thomas Bach.

    “Este acordo amigável ilustra a confiança mútua entre o Senegal e o COI. Gostaria de expressar meus sinceros agradecimentos ao presidente Macky Sall, um grande amigo e defensor do Movimento Olímpico, por esta relação excepcional de confiança e qualidade. Por todas essas razões, tenho certeza de que juntos organizaremos fantásticos Jogos Olímpicos da Juventude no Dacar, em 2026, para o Senegal, todo o continente africano e todos os jovens atletas do mundo”, declarou Bach.

    Esta será a primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude no continente africano. O evento acontece desde 2010, de 2 em 2 anos. Cingapura foi a primeira sede do evento. Na sequência, abrigaram os jogos Innsbruck (Áustria), em 2012, Nanjing (China), em 2014, Lillehammer (Noruega), em 2016, Buenos Aires (Argentina), em 2018 e Lausanne (Suíça), em 2020.