Fonte: OpenWeather

    Adeus, Mister


    Jorge Jesus deixa o Flamengo para acertar com o Benfica, de Portugal

    Anúncio da saída de Jorge Jesus do Flamengo foi feito nesta sexta-feira (17)

    Jorge Jesus deixa o Flamengo após pouco mais de um ano e volta ao Benfica, de Portugal
    Jorge Jesus deixa o Flamengo após pouco mais de um ano e volta ao Benfica, de Portugal | Foto: Divulgação/Flamengo

    Brasil - Com mais títulos que derrotas, o português Jorge Jesus deixa o Flamengo. O treinador aceitou a proposta do Benfica e decidiu voltar para Portugal após pouco mais de um ano pelo Rubro-Negro. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (17), em nota oficial do clube.

    O contrato com o Benfica tem duração de três temporadas, com valor de 6 milhões de euros brutos - cerca de R$ 36,6 milhões por temporada, de acordo com a cotação atual. 

    O desejo do treinador foi formalizado em encontro com o vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, na tarde desta sexta-feira. O clube tentou uma última cartada para segurar o "Mister", mas não teve sucesso.

    No pronunciamento oficial, o clube agradeceu o comandante que venceu o Campeonato Brasileiro, Carioca, Copa Conmebol Libertadores, Recopa Sul-Americana e Supercopa do Brasil. 

    "Em nome de toda a diretoria e dos 42 milhões de rubro-negros que formam a Maior Torcida do Mundo, o nosso maior agradecimento a ele e toda sua comissão técnica por tudo o que foi feito e o nosso desejo que continuem mantendo o enorme sucesso como tiveram conosco", afirma o clube.

    Além do lado financeiro, a saudade do convívio diário com a família influenciou a escolha. Além disso, a promessa de que o Benfica terá uma equipe forte para lutar não só pelo Campeonato Português, mas também fazer um papel digno na Champions League foi atraente.

    No mais, a instabilidade do calendário sul-americano, a falta de políticas públicas efetivas para controle da pandemia e a consequente incerteza se poderia disputar um torneio como o Mundial de Clubes pesaram na decisão de voltar para a Europa.

    Jorge Jesus vai levar quase toda sua comissão técnica neste retorno ao Benfica: os auxiliares João de Deus e Tiago Oliveira, os preparadores físicos Mário Monteiro e Márcio Sampaio, os analistas Gil Henriques e Rodrigo Araújo. Evandro Motta, mental coach e o único brasileiro, não segue para o país.

    Os únicos títulos não conquistados por Jesus, entre as competições que disputou, foram a Copa do Brasil e o Mundial de Clubes, ambos em 2019. Ao todo, Jesus esteve à beira do campo em 56 jogos: foram 42 vitórias, dez empates e quatro derrotas, contabilizando um aproveitamento de 80,9%.

    Confira a nota oficial do Flamengo:

    O Clube de Regatas do Flamengo informa que, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (17), o técnico Jorge Jesus comunicou que, exercendo seu direito contratual, está se desligando do Clube para voltar para Portugal. Apesar de lamentar a perda de seu vitorioso técnico, o Flamengo respeita esta decisão pessoal.

    Nos 13 meses que Jorge Jesus dirigiu nosso time de futebol profissional, o Flamengo teve uma performance espetacular, conquistando a Copa Libertadores (2019), o Campeonato Brasileiro (2019), a Supercopa do Brasil (2020), a Recopa Sul-Americana (2020), a Taça Guanabara (2020) e, na última quarta-feira (15), o Campeonato Carioca (2020).

    Em nome de toda a diretoria e dos 42 milhões de rubro-negros que formam a Maior Torcida do Mundo, o nosso maior agradecimento a ele e toda sua comissão técnica por tudo o que foi feito e o nosso desejo que continuem mantendo o enorme sucesso como tiveram conosco.

    O Flamengo, seguindo o que seu hino preconiza - e que tão bem Jorge Jesus representou - continuará no seu objetivo de sempre: Vencer, vencer, vencer!

    Leia Mais

    Clubes da Série A do Brasileirão assinam manifesto favorável à MP 984

    Amazonas FC anuncia projeto social para formação de atletas

    Flamengo firma parceria com Sesc e técnico Bernardinho para Superliga