Fonte: OpenWeather

    Quem dá mais?


    Brasileiro compra desenho dos anéis olímpicos por 185 mil euros

    Anéis olímpicos foram desenhados pelo barão Pierre de Coubertin

     

    Anéis olímpicos foram projetados por Pierre de Coubertin
    Anéis olímpicos foram projetados por Pierre de Coubertin | Foto: Reuters

    Mundo - Mais uma peça que faz referência à história do esporte mundial foi vendida, desta vez para um brasileiro, que não teve o nome revelado. A obra trata-se de um desenho original dos anéis olímpicos feito pelo fundador dos Jogos Modernos - o barão Pierre de Coubertin -, que foi leiloado pelo valor de 185 mil euros, o equivalente a 168.642,59 libras.

    O arremate foi dado durante uma hasta organizada pela casa de leilões Cannes Encheres. 

    Coubertin criou o símbolo dos anéis olímpicos, caracterizados com as cores azul, amarelo, preto, verde e vermelho, ainda em 1913. Entretanto, o desenho estreou de maneira oficial somente nos Jogos Olímpicos de 1920, na Antuérpia (Bélgica).

    “O desenho foi vendido a um colecionador brasileiro pelo preço de 185 mil euros, acrescido de 27% de custo, 234.950 euros”, afirmou à imprensa francesa o diretor associado da Cannes Encheres, Alexandre Debussy.

    Outras obras vendidas

    Pierre de Coubertin já teve outras obras relacionadas ao esporte vendidas. O Manifesto Olímpico, que foi escrito pelo barão em 1892 e foi responsável pelo ressurgimento dos Jogos Olímpicos, foi arrematado por mais de US$ 8 milhões em um leilão realizado na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, em dezembro de 2019.

    Leia Mais

    Vice-presidente do COI defende simplificação dos Jogos de Tóquio

    Comitê Organizador não aceita Jogos de Tóquio sem público

    COI realiza cerimônia que marca um ano para início dos Jogos de Tóquio