Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Palmeiras elimina Santo André e se garante na semifinal do Paulista

    Cabeçada que desviou na zaga adversária virou gol, aos 42 minutos do segundo tempo, e acabou com a tensão que já tomava conta do Allianz Parque no jogo único das quartas

    O Palmeiras, por enquanto, é a equipe com maior pontuação entre os classificados, com 25 pontos
    O Palmeiras, por enquanto, é a equipe com maior pontuação entre os classificados, com 25 pontos | Foto: Divulgação

    Foi com sofrimento, mas um gol de Felipe Melo, contando com desvio na zaga do Santo André, garantiu o Palmeiras nas semifinais do Campeonato Paulista. No jogo único das quartas de final, no Allianz Parque, o time voltou a ter dificuldades no setor ofensivo e estava sendo afetado pelo nervosismo até que balançou as redes aos 42 minutos do segundo tempo, vencendo o Santo André. Nos acréscimos, Marcos Rocha ainda completou o 2 a 0.

    Depois de passar a partida inteira com a bola, mas sem levar perigo frequente ao adversário. Até que, aos 42 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio, Felipe Melo cabeceou e contou com desvio na zaga para balançar as redes. Aos 48, Marcos Rocha aproveitou rebote para selar a vaga.

    O Palmeiras, por enquanto, é a equipe com maior pontuação entre os classificados, com 25 pontos – o Red Bull Bragantino o ultrapassa se avançar derrotando o Corinthians, nesta quinta-feira. Na próxima fase, quem tiver a melhor campanha pega o de pior. Também haverá jogo único e, como o Verdão tem, ao menos, uma das duas maiores pontuações, voltará a decidir no Allianz Parque a vaga para a decisão do Campeonato Paulista.

    Domínio, mas sem tanto perigoVanderlei Luxemburgo fez uma nova tentativa de encontrar uma forma de jogar sem Dudu, emprestado ao Al Duhail, do Qatar. A alternativa da vez voltou a ser com três meio-campistas dinâmicos, mas com Gabriel Menino e Ramires, elogiados na vitória sobre o Água Santa, fazendo companhia a Patrick de Paula. Mas, na prática, o resultado foi o mesmo: domínio, mas sem assustar o rival.

    O Palmeiras controlou a bola, rodou, buscou espaço e pouco encontrou. O goleiro Ivan chegou a fazer boas defesas, mas, ainda assim, os anfitriões do Allianz Parque passaram longe de fazer qualquer pressão. Tanto que o maior perigo foi uma bola enfiada por Gabriel Menino que o goleiro amorteceu antes mesmo da finalização, com Rony desperdiçando o rebote.

    Weverton evitou o pior no primeiro tempoO Verdão tinha o controle do meio-campo, com tentativas nem sempre eficientes de Ramires entrando na área do Santo André, mas o time do ABC, mesmo sem atacar tanto, criou, ao menos, duas grandes oportunidades de abrir o placar antes do intervalo. No começo e no fim do primeiro tempo, Weverton salvou falhas de marcação da zaga com excelentes defesas.

    Nova tentativa encurrala o RamalhãoLuxemburgo resolveu gastar no intervalo logo duas das cinco substituições que tem direito. Abriu mão de Rony, que, mais uma vez, pouco foi útil, e também de Gabriel Menino para buscar mais criatividade, com Gustavo Scarpa e Lucas Lima. A postura em campo acuou a equipe do ABC, que passou a frequentar com ainda mais raridade o campo de ataque.

    Ainda assim, os lances de perigo continuaram raros. Em nova tentativa do técnico, o Verdão passou a ter Bruno Henrique para controlar a bola na frente, na vaga de Patrick de Paula, e avançou Felipe Melo, colocando o zagueiro Luan no lugar de Ramires. Mas ainda não estava solucionado o problema da lentidão, que facilita a marcação adversária.

    Desvio na zaga tira o desesperoA tensão vinha tomando conta de um Palmeiras que não conseguia encontrar espaços. O Santo André já tinha encaixado a marcação, adotado uma postura um pouco mais à frente e até passando a ter alguma chance de balançar as redes. Até que um desvio na zaga do Ramalhão trouxe alívio ao Verdão.

    Aos 42 minutos do segundo tempo, Gustavo Scarpa cobrou escanteio, Felipe Melo ganhou pelo alto e a bola ainda bateu em um dos defensores do Santo André. O goleiro Ivan não teve a menor chance de evitar o gol.

    Já aos 48 minutos do segundo tempo, o Palmeiras selou qualquer chance de um Santo André que conseguiu encaixar seu jogo até o limite. Marcos Rocha aproveitou rebote e sentenciou de vez a classificação alviverde fazendo 2 a 0.

    FICHA TÉCNICA

    PALMEIRAS 2 X 0 SANTO ANDRÉ

    Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)Data-Hora: 29/7/2020 – 21h30 (de Brasília)

    Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

    Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Luiz Alberto Andrini Nogueira

    Cartões amarelos: Gabriel Menino, Rony e Felipe Melo (PAL); Ramon e Rafhael Lucas (STA)

    Cartões vermelhos: –Gols: Felipe Melo (42’/2ºT) (1-0); Marcos Rocha (48’/2ºT) (2-0)