Fonte: OpenWeather

    Adeus


    'Obrigado ao futebol', diz Casillas ao anunciar aposentadoria

    Casillas anunciou aposentadoria em carta divulgada nas redes sociais

    Ex-goleiro Iker Casillas anunciou aposentadoria nesta terça-feira (4)
    Ex-goleiro Iker Casillas anunciou aposentadoria nesta terça-feira (4) | Foto: Reprodução/Instagram

    Mundo - Depois de se afastar dos campos por conta de um infarto, sofrido há mais de um ano, o goleiro Iker Casillas anunciou sua aposentadoria nesta terça-feira (4). Em suas redes sociais, ele agradeceu ao esporte, à família, e ressaltou que a data do anúncio é um dos dias mais difíceis de sua vida. 

    "O importante é o caminho que você percorre e as pessoas que o acompanham, não o destino para onde ele o leva, porque isso com trabalho e esforço vem sozinho e acho que posso dizer, sem hesitar, que esse foi o caminho e o destino dos sonhos (...) Hoje é um dos dias mais importantes e difíceis da minha vida esportiva: chegou o momento de dizer adeus.", escreveu no Twitter. 

    Casillas também agradeceu a sua mulher, filhos, família, amigos, clubes por onde passou, presidentes dos times, companheiros de equipe, treinadores, técnicos da seleção espanhola, aos torcedores, rivais e todas as pessoas que trabalham ou trabalharam pelas equipes onde ele atuou.

    "Mas, principalmente, obrigada ao futebol, por me permitir fazer parte dele, por ser um esporte maravilhoso, por me permitir viver uma vida cheia de paixão e emoções, por me dar momentos de felicidade, por me fazer crescer como esportista e como pessoa, por me dar a oportunidade de conhecer e compartilhar momentos com tantas e tantas pessoas incríveis. Finalmente, obrigada por me dar tudo", disse.

    Casillas foi um dos principais nomes da seleção da Espanha e atuou como titular no período de mais conquistas da equipe. Ele foi capitão na conquista da Copa do Mundo, em 2010, e de duas Eurocopas - em 2008 e 2012. 

    O ex-goleiro também acumula diversas conquistas como membro do Real Madrid e do Porto. 

    Infarto

    Em maio de 2019, Casillas foi internado após um treino do Porto. Campeão europeu e mundial com a seleção espanhola, o veterano de 39 anos sofreu um infarto e foi submetido a um cateterismo.

    Enquanto se recuperava dos problemas de saúde, o ex-goleiro assumiu uma função diretiva no clube português. Seis meses após o episódio, ele voltou a treinar.

    Em fevereiro deste ano, Casillas chegou a anunciar sua candidatura à presidência da Federação Espanhola de Futebol. Porém, ele desistiu do pleito quatro meses depois. 

    Leia mais: 

    Amazonas FC anuncia saída do treinador Ricardo Lecheva