Rivalidade


Torcedores do Santos morrem após serem baleados durante briga em SP

Disparos teriam sido efetuados por um torcedor do Palmeiras durante a confusão

Disparos teriam sido efetuados por um torcedor do Palmeiras
Disparos teriam sido efetuados por um torcedor do Palmeiras | Foto: Reprodução

Brasil - Três torcedores do Santos foram baleados na noite deste domingo (23) em Mauá, no ABC, depois de uma briga com torcedores do Palmeiras. Dois dos baleados foram socorridos por equipes da Guarda Civil Municipal, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. O terceiro levou um tiro de raspão, foi socorrido, medicado e liberado em seguida.

De acordo com as informações, a briga ocorreu entre um grupo de pessoas que estava em uma festa onde haviam membros das torcidas dos dois times. Em um momento da confusão, um torcedor do Palmeiras sacou um revólver e atirou contra os santistas, fugindo em seguida com outros dois homens.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), um homem de 21 anos foi preso por atirar nos torcedores e outros dois que estavam no mesmo veículo foram levados à delegacia, onde foram ouvidos como testemunhas e liberados em seguida.

"A autoridade policial também ouviu testemunhas da ocorrência, além do autor do crime, que confessou ter feito os disparos. O ajudante foi encaminhado à Cadeia Pública de Santo André, onde permanece à disposição da Justiça", disse a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, por meio de nota.

Na tarde deste domingo foi disputado um jogo do Brasileirão entre Santos e Palmeiras, que venceu de 2 a 1 contra o time santista. A partida aconteceu no Estádio do Morumbi.

Leia mais: 

Torcedor faz tatuagem com nome de Neymar no bumbum