Aline Pellegrino


Nova coordenadora da CBF quer mapear futebol feminino no Brasil

Aline Pellegrino assumiu o cargo de coordenação de competições femininas da CBF

Aline Pellegrino assumiu cargo recém-criado na CBF
Aline Pellegrino assumiu cargo recém-criado na CBF | Foto: Divulgação/CBF

Brasil - Aline Pellegrino, responsável pela coordenação de competições femininas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) - novo cargo da entidade -, quer entender a realidade de cada uma das federações do país. Segundo a ex-zagueira e capitã da seleção brasileira, adotar uma mesma estratégia para impulsionar a modalidade nos diferentes estados seria contraproducente.

Durante uma entrevista coletiva nesta terça-feira (8), que marcou sua saída da Federação Paulista de Futebol (FPF), Aline afirmou que a CBF precisa se aproximar e conhecer os processos aplicados em cada região. 

“Eu tenho feito uma analogia com os campeonatos, em que temos as divisões. Talvez, precisemos dividir as federações, cada uma no seu momento, quais delas se aproximam. A ideia seria mapear bem as 27 federações e entender como a CBF pode se aproximar delas, conhecer os processos e pensar junto em estratégias. Se cada uma avançar naquilo que tem de melhor, com certeza o todo avança”, disse.

Na CBF, Aline será responsável pelos Campeonatos Brasileiros femininos sub-16 e sub-18, além das Série A1 - na qual o EC Iranduba, do Amazonas, está inserido - e A2. Na CBF, Aline será responsável pelos Campeonatos Brasileiros femininos sub-16 e sub-18, além das divisões nacionais adultas (Séries A1 e A2). 

"A gente busca [oferecer] a atividade diária profissional às atletas e que elas tenham estrutura. Na profissionalização, quando se pensa de forma macro, a gente fala de jogos com venda de ingressos, com Estatuto do Torcedor, e isso aumenta muito a régua. Precisamos entender se os clubes que disputam estão preparados para isso”, pontuou. 

Na segunda (7), Aline acompanhou a vitória do Corinthians por 4 a 1 sobre o Cruzeiro e se reuniu com representantes dos dois times. 

Leia mais: 

CBF divulga tabela de jogos da Série D do Brasileirão

3B da Amazônia cede estrutura e elenco para o Iranduba