Fonte: OpenWeather

    Futebol


    São Paulo joga mal, mas busca empate contra o River Plate no Morumbi

    Tricolor vai precisar pontuar fora de casa para buscar classificação às oitavas. Equipe argentina marcou duas vezes contra

    São Paulo e River Plate ficaram no 2 a 2
    São Paulo e River Plate ficaram no 2 a 2 | Foto: One Football

    São Paulo e River Plate ficaram no 2 a 2 na noite desta quinta-feira (17), no Morumbi. Os dois gols marcados a favor do Tricolor foram contra: Enzo Pérez, no primeiro tempo, e Angileri, no segundo. Já Borré e Julián Álvarez, eleito o melhor jogador da partida, fizeram para os visitantes. O resultado fez com que clube paulista mantivesse o tabu de nunca ter perdido para argentinos jogando no estádio, na Libertadores, mas deixou o São Paulo na terceira colocação do grupo D. Agora, o time de Fernando Diniz tem dois jogos fora de casa, contra a LDU, em Quito, e contra o mesmo River Plate, no Monumental de Nuñez, para encaminhar a classificação.

    O jogo

    O São Paulo parecia que viveria uma grande noite no Morumbi. Logo aos 6 minutos, Hernanes chutou de esquerda da entrada da área e obrigou Armani a fazer uma linda defesa. Na sequência, aos 9, Reinaldo bateu cruzado, a bola desviou em Enzo Pérez e foi para o fundo das redes. Porém, o time parou após o gol e viu o River Plate, que não jogava uma partida oficial há seis meses, avançar a linha de marcação e dominar o meio de campo.

    Não demorou muito para a equipe argentina empatar. Oito minutos depois do gol do São Paulo, o River aproveitou uma indefinição da zaga tricolor e Borré completou cruzamento de Julián Álvarez.

    O São Paulo sentiu o gol. Com domínio, o River passou a ditar o ritmo do jogo e parecia mais próximo do segundo gol do que os donos da casa, que ainda tiveram uma boa chance, aos 35, em chute de Hernanes. Armani fez golpe de vista e quase acabou surpreendido.

    O segundo tempo começou como o primeiro. Logo aos 8 minutos, Igor Gomes recebeu na entrada da área e bateu colocado, levando muito perigo ao gol dos argentinos. Mas o River, novamente, foi dominando o meio de campo aos poucos, deixando a impressão de que poderia marcar a qualquer momento.

    O gol que deixaria o São Paulo em uma situação complicadíssima no grupo veio aos 34 minutos. Após escanteio batido na área, a bola passou de um lado para o outro até chegar em Julián Álvarez, que bateu na saída de Volpi. Sorte do Tricolor que o empate veio três minutos depois. Em jogada pela esquerda, Reinaldo cruzou e Armani rebateu para o meio da área. A bola bateu em Angileri, que vinha em velocidade e nada pôde fazer. Mais um gol contra do River Plate no Morumbi.

    Aos 43, o zagueiro argentino Pinola ainda teve grande chance para dar a vitória ao River, mas cabeceou para fora.

    O resultado deixou o São Paulo na terceira colocação do Grupo D, com os mesmos quatro pontos do River Plate, mas atrás no saldo de gols. Na próxima terça-feira (22), o Tricolor vai a Quito enfrentar a LDU, que lidera a chave com seis pontos. Já o River Plate encara o Binacional, lanterna do grupo, no Peru.