Futebol amazonense


Fast é líder do Grupo 1, da Série D, após vitória neste domingo (4)

O Fast dominou as ações ofensivas do primeiro tempo, aproveitando-se da marcação frouxa do Independente

O clube venceu sem dificuldades
O clube venceu sem dificuldades | Foto: Divulgação Fast

O Fast Clube (AM) assumiu a liderança do Grupo 1 da Série D do Campeonato Brasileiro neste domingo (4), ao golear o Independente (PA) por 4 a 0 no estádio da Colina, em Manaus. O resultado levou o Rolo Compressor aos mesmos sete pontos de outros três clubes, ficando à frente de Ji-Paraná (RO), Bragantino (PA) e Galvez (AC) pelo saldo de gols. 

Logo aos dois minutos, o atacante Caíque balançou as redes, mas impedido. O gol acabou anulado. Aos nove, o meia Eduardo Bacas, que ditava o ritmo do Rolo Compressor na partida, progrediu com liberdade, a partir do meio de campo, cortou para a perna direita e bateu rente à forquilha.

A pressão amazonense resultou em gol aos 22 minutos. Após chute cruzado do volante Pelezinho, o atacante Daivison, desmarcado na pequena área, desviou para o gol. A missão do time de Tucuruí (PA) ficou mais difícil aos 34, quando o volante Natan recebeu o segundo cartão amarelo por um carrinho em Bacas na intermediária e foi expulso. 

O Fast quase ampliou em duas cobranças de falta, uma de Bacas e outra do lateral Souza, mas parou em defesas do goleiro Evandro Gigante.

O Rolo Compressor manteve o controle do jogo na segunda etapa. O Independente assustou aos sete minutos, quando o meia Cocão cobrou falta na área e o atacante Danrley mandou no travessão. Mas, três minutos depois, o lateral Bernardo cruzou pela direita e Daivison escorou para as redes, ampliando a vantagem. Já aos 29, o atacante Ítalo escapou de dois marcadores e bateu da entrada da área, fazendo o terceiro. 

Por fim, aos 45, o meia João Paulo, com liberdade na grande área, fechou o marcador, que só não foi maior graças a pelo menos duas defesas de Evandro Gigante.

*Via Agência Brasil 

Leia mais:

FlaBasquete conquista título carioca 

Vasco perde e técnico Ramon assume erros