Nado artístico


Luisa Borges do Flu garante vaga na disputa do Pré-Olímpico de 2021

As equipes buscam vaga para o torneio principal

Fluminense e Flamengo juntos na natação artística para Tóquio
Fluminense e Flamengo juntos na natação artística para Tóquio | Foto: Mailson Santana

A atleta de natação Luisa Borges representará o Fluminense no Pré-Olímpico de Nado Artístico, de 4 a 7 de março de 2021, no Japão. Em avaliação realizada neste fim de semana, no Tijuca Tênis Clube, Rio de Janeiro, Luisa foi confirmada no dueto titular que disputará vaga nos Jogos Tóquio 2020 ao lado de Laura Miccuci, do Flamengo. 

A dupla será comandada pela técnica do Tricolor e da seleção brasileira Twila Cremona. A também atleta do Fluminense Maria Bruno fechou a seletiva em terceiro lugar e ficou com a vaga de reserva.

"A nossa expectativa para o Pré-Olímpico é a melhor possível. Acredito que vamos chegar lá no nosso melhor nível, com 'sangue nos olhos', para conseguir essa vaga para o Brasil", comemorou Luisa Borges.

A seletiva foi feita por vídeoconferência e avaliada por quatro técnicas (duas brasileiras, uma canadense e uma russa) e cinco juízas da Federação Internacional de Natação (três brasileiras, uma argentina e uma uruguaia). 

"No nado artístico, quando treinamos com três atletas, nós fazemos rodadas de treinos. Então, decidimos que, a partir de agora, com cinco meses para o Pré-Olímpico, nós vamos focar nesse dueto titular para conseguir chegar em um nível ainda mais alto no Japão”, disse a técnica Twila Cremona.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Natação: técnico de revelação vê potencial para alcançar Tóquio

Tradicional Travessia Almirante Tamandaré completa 50 anos