Fatalidade


Medalhista de wrestling é morto após discussão de trânsito

Lutador chegou a ser socorrido pelo pai, mas chegou morto na unidade hospitalar

Tássio e o motociclista começaram a brigar e a trocar xingamentos. Durante a discussão, o motociclista esfaqueou Tássio no peito e fugiu do local
Tássio e o motociclista começaram a brigar e a trocar xingamentos. Durante a discussão, o motociclista esfaqueou Tássio no peito e fugiu do local | Foto: Divulgação

Manaus - Tássio Felipe dos Anjos Lima, 33, foi morto com uma facada no peito, na manhã deste sábado (17). O crime ocorreu após uma discussão de trânsito, em Lucena, no litoral da Paraíba. O rapaz era lutador de wrestling e estudante de direito. As informações são do G1.

De acordo com a Polícia Militar, o jovem estava em um carro junto com a irmã quando parou o veículo para fazer compras em um mercado. No momento, um motociclista que passava pelo local precisou desviar do automóvel. Após a manobra, Tássio e o motociclista começaram a brigar e a trocar xingamentos. Durante a discussão, o motociclista esfaqueou Tássio no peito e fugiu do local.

A PM chegou a fazer buscas pela região, mas não havia encontrado o suspeito até a última atualização desta reportagem. De acordo com a polícia, o homem, cuja identidade não foi revelada, mora no distrito de Fagundes e trabalha como mototaxista. Tássio foi levado pelo pai até a Unidade Mista de Saúde do município, mas, de acordo com um enfermeiro, já chegou morto ao local.

Um parente da vítima disse à TV Cabo Branco que a família é de João Pessoa e estava em Lucena a passeio. Também segundo o familiar, um tio de Tássio foi assassinado no município, também após uma discussão, há quase 20 anos.

Tássio era lutador de wrestling. No campeonato brasileiro sênior de 2014, ele conquistou a medalha de prata na categoria até 80 quilos do estilo greco-romano.

Em nota, a Confederação Brasileira de Wrestling lamentou a morte do medalhista. Segundo o texto, Tássio foi "um dos pioneiros do esporte no estado nordestino".

O corpo do jovem foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de João Pessoa. O velório e o sepultamento aconteceram na manhã deste domingo (18), no cemitério Parque das Acácias.

Leia mais

Mestres do Jiu-jitsu deixam legado no esporte para gerações do AM

Flamengo repete goleada de 1983, faz 5 a 1 e humilha o Corinthians

Times do Brasileirão apostam em jogo do 'demite ou contrata'