Fonte: OpenWeather

    Campeonato Brasileiro Série C


    Manaus FC joga contra o 'Papão' por vaga no G4 neste sábado (31)

    A vitória em Belém será importante não só para entrar no G4, mas para dar confiança ao time nos jogos fora de casa

     

    Os jogadores do Gavião vão ao Pará em busca dos pontos que o levarão ao G4
    Os jogadores do Gavião vão ao Pará em busca dos pontos que o levarão ao G4 | Foto: Ismael Monteiro/Manaus FC

    Manaus - Pela Série C do Campeonato Brasileiro, o Manaus FC enfrenta o Paysandu conhecido como "Papão" sábado (31), às 18h. O jogo acontece em Belém, no Estádio Olímpico do Pará, o "Mangueirão". Os dois times vem de uma vitória na última rodada e miram o G4.

    O Gavião vem de duas vitórias em casa, onde derrotou a Jacuipense por 2x1 e o Botafogo (PB) por 3x2. Na partida do fim semana, o técnico Luizinho Lopes não poderá contar com o atacante Hamilton, suspenso no último jogo.

    Promessa de um grande jogo

    Com a vantagem de jogar dentro de casa, o Paysandu promete fazer jogo duro contra o Gavião, sabendo que em caso de vitória, passam a equipe Baré em número de pontos e se aproximam do G4.

    Uma vitória contra o Papão garantiria ao Manaus FC, uma vaga no G4 do grupo A da série C. Mantendo a vaga entre os quatro primeiros, a equipe do técnico Luizinho Lopes tem a chance de se classificar para a série B, durante os jogos de ida e volta das quadrangulares.

    As quadrangulares são disputadas pelos quatro primeiros times de cada grupo. No fim do rodízio de jogos, as quatro primeiras equipes sobem a Série B.

    Melhoria nas últimas partidas 

    Daniel Costa é um dos destaques do Manaus FC nos últimos jogos. A equipe precisava acertar algumas falhas técnicas para melhorar a parte ofensiva e Daniel tem contribuído para isso.

    “Nós estamos jogando bem, e devo isso a maneira que a equipe me recebeu, me tratando super bem. A minha característica encaixou com as dos jogadores da parte ofensiva e Graças a Deus as coisas estão dando certo, conseguimos duas vitórias em casa e estamos brigando pela parte de cima do campeonato. “ relatou Daniel Costa, meia do Manaus FC.

    “O próximo jogo é importante. Na verdade, agora todo jogo é importante. Porque o campeonato está se afunilando. Restam seis jogos. Nós sabemos que o Paysandu vem de uma vitória, estão confiantes em jogar em casa, mas nós vamos encarar como uma decisão” finalizou.

    O time do Manaus ainda não venceu uma partida fora de casa, conseguindo arrancar apenas alguns empates e a situação vem incomodando o técnico do Gavião do Norte.

    “Nossa equipe vem jogando bem e agredindo o adversário, fora de casa. Dessa vez nós esperamos ser mais eficazes e buscar nossa primeira vitória fora de casa. “ finalizou Luizinho Lopes.

    Paysandu

    O time sabe das dificuldades que enfrentará contra o Gavião
    O time sabe das dificuldades que enfrentará contra o Gavião | Foto: Facebook Paysandu

    O Papão aposta na contratação da comissão técnica do time. Na última quarta-feira (28), o clube oficializou a contratação do preparador físico Renan Lima, que tem mais de 15 anos de experiência no mercado, com passagem por 16 clubes, como Athletico-PR, Paraná, Caxias-RS, entre outros. Sua última equipe foi o Joinville-SC.

    Renan Lima vai trabalhar juntamente com o preparador físico permanente do clube, Roberto Onety. Ele já comandou o aquecimento no treino da última sexta-feira (30). 

    Anunciado oficialmente pela direção bicolor, o paulista João Dermival Brigatti, de 56 anos, foi contratado para trabalhar pela terceira vez no Paysandu Sport Club – a segunda como treinador. 

    Assim como em 2014, quando era auxiliar-técnico do time que subiu de divisão pela última vez, o novo comandante do Papão retorna à Curuzu com a missão de conquistar novamente o acesso à Série B.

    “Estou muito feliz com o retorno do Brigatti. Sei que nós temos grandes desafios pela frente, começando pelo próximo jogo contra o Manaus. O Brigatti retorna ao Paysandu ainda na minha gestão, agora com um novo auxiliar. E o que nós conversamos por telefone foi justamente sobre isso. Sabemos da grandeza do desafio, mas também sabemos do potencial que a nossa equipe tem. Ele compartilhou comigo que aceitou esse desafio por saber dos profissionais que tem aqui. E eu disse a ele que se ele aceitou é porque acredita no nosso acesso. Ganham todos com isso e tenho certeza que vamos fazer uma grande Série C”, ressaltou.

    Leia mais: 

    Neymar desfalca Seleção Brasileira e PSG após confirmar lesão 

    Fora de casa, Palmeiras vence Bragantino por 3 a 1 na Copa do Brasil 

    Tite convoca Alan para próximo confronto da Seleção Brasileira