Corinthians


Timão é eleito pela Forbes como o time mais valioso da América do Sul

Em seguida está o Palmeiras, Grêmio e Internacional

Os critérios adotados pela empresa foram os valores dos estádios das equipes, preço do elenco atual e valor da marca
Os critérios adotados pela empresa foram os valores dos estádios das equipes, preço do elenco atual e valor da marca | Foto: Agência Corinthians

O Corinthians foi eleito pela revista Forbes na última semana como um dos 50 clubes mais valiosos da América do Sul. Na classificação geral, o Timão ocupa a segunda posição, atrás do Atlanta United-EUA e, consequentemente, torna-se a primeira da América do Sul, com um valor de US$ 582 milhões, cerca de R$ 3 bilhões. 

Os critérios adotados pela empresa foram os valores dos estádios das equipes, preço do elenco atual e valor da marca. Os clubes da MLS (Major League Soccer, liga dos EUA), liga dona de uma grande infraestrutura, têm um predomínio na listagem.

O texto se refere ao Alvinegro fazendo menção à Nike, destacando o grande vínculo que a fornecedora de materiais esportivos tem com o Corinthians. Fator esse que, na avaliação da revista, mostra a força do clube dentro do Brasil e no continente sul-americano.

Confira o Top 50 da Forbes, em milhões de dólares:

1 - Atlanta United: U$ 1,4 bilhão

2 - Corinthians: U$ 582 milhões

3 - Palmeiras: U$ 525 milhões

4 - Los Angeles FC: U$ 474 milhões

5 - New England Revolution: U$ 352 milhões

6 - Chivas: U$ 311 milhões

7 - Monterrey: U$ 311 milhões

8 - Sporting Kansas City: U$ 278 milhões

9 - River Plate: U$ 270 milhões

10 - Grêmio: U$ 246 milhões

11 - LA Galaxy: U$ 233 milhões

12 - Minnesota FC: U$ 231 milhões

13 - Internacional: U$ 214 milhões

14 - América-MEX: U$ 200 milhões

15 - Boca Juniors: U$ 199 milhões

16 - Orlando City: U$ 197 milhões

17 - Flamengo: U$ 190 milhões

18 - Independiente: U$ 182 milhões

19 - Santos Laguna: U$ 174 milhões

20 - Real Salt Lake: U$ 167 milhões

21 - São Paulo: U$ 147 milhões

22 - Athletico-PR: U$ 130 milhões

23 - San José Earthquakes: U$ 119 milhões

24 - Toluca: U$ 113 milhões

25 - San Lorenzo: U$ 107 milhões

26 - Tigres: U$ 99 milhões

27 - Tijuana: U$ 98 milhões

28 - Deportivo Cali: U$ 97 milhões

29 - Cruz Azul: U$ 92 milhões

30 - Estudiantes: U$ 90 milhões

31 - Columbus Crew: U$ 89 milhões

32 - Santos: U$ 89 milhões

33 - Atlético-MG: U$ 81 milhões

34 - Racing: U$ 78 milhões

35 - Inter Miami CF: U$ 75 milhões

36 - Seattle Sounders: U$ 75 milhões

37 - Montreal Impact: U$ 72 milhões

38 - Pumas: U$ 71 milhões

39 - New York City: U$ 71 milhões

40 - Vélez: U$ 70 milhões

41 - Vasco da Gama: U$ 68 milhões

42 - Universitário: U$ 67 milhões

43 - Fluminense: U$ 64 milhões

44 - Peñarol: U$ 64 milhões

45 - Pachuca: U$ 60 milhões

46 - New York Red Bulls: U$ 56 milhões

47 - Lanús: U$ 54 milhões

48 - Toronto FC: U$ 51 milhões

49 - León: U$ 50 milhões

50 - Barcelona de Guyaquil: U$ 47 milhões

*Com informações do Corinthians

Leia mais:

Final de Libertadores muda para 30 de janeiro

Comitê da Olimpíada afirma que atletas não farão isolamento de 14 dias