Eliminatórias Copa do Catar


Lesionado, Neymar volta a França para continuar recuperação

Neymar sofreu uma lesão em uma partida da Champions League, a previsão foi que o atleta precisaria de três semanas fora dos gramados, para uma bora recuperação

O jogador precisará de  pelo menos mais uma semana para voltar a treinar
O jogador precisará de pelo menos mais uma semana para voltar a treinar | Foto: Pedro Martins/Mowa

Cortado da seleção brasileira para os próximos compromissos pelas eliminatórias, o atacante Neymar vai retornar à França para seguir o tratamento da lesão na coxa esquerda. Em comunicado divulgado nesta sexta, o PSG informou que o brasileiro e o italiano Moise Kean foram liberados por suas respectivas seleções para voltar ao clube.

“Neymar JR se juntará ao Paris e ao centro de treinamento Ooredoo em breve para continuar seu programa, já que a equipe médica da Seleção Brasileira não quis correr nenhum risco para a partida do dia 17 de novembro. É uma decisão que honra a confiança e a colaboração entre o Paris Saint-Germain e a equipe da Seleção Brasileira. “  informou o PSG, em nota publicada no seu site.

Neymar sofreu a lesão no último dia 28 de outubro, no primeiro tempo da vitória do Paris por 2 a 0 contra o Istanbul Basaksehir, pela Liga dos Campeões. O técnico Tite manteve o camisa 10 convocado na esperança de contar com o jogador para a partida contra o Uruguai, no próximo dia 17 de novembro. No entanto, o atacante não vai se recuperar em tempo hábil.

Ainda no dia 30 do mês passado, o técnico Thomas Tuchel deixou claro que não acreditava na possibilidade de ver Neymar em ação pelo Brasil nos jogos pelas eliminatórias em novembro.

Com mais uma semana de tratamento, a expectativa é que o camisa 10 fique disponível para jogar pelo PSG no próximo dia 22, contra o Monaco, no Principado, pela 11ª rodada do Campeonato Francês.

*Com informações de Globo Esporte

Leia mais: 

Flamengo acerta contrato para permanência de Pedro 

Machucado, Neymar está desconvocado da Seleção Brasileira 

Tite confirma Ederson no gol e explica Firmino na função de Neymar