Fonte: OpenWeather

    Brasileirão


    Botafogo: Honda pensa em deixar a equipe em meio à crise de técnicos

    O clube segue na zona de rebaixamento do Brasileirão e agora tem se quinto técnico da temporada 2020

    O contrato do meia atacante vai até 2021
    O contrato do meia atacante vai até 2021 | Foto: Vítor Silva/Botafogo

    O meia Keisuke Honda afirmou que "pensa em sair" em uma rede social nesta sexta-feira (27) agitada no Botafogo. No dia em que o clube anunciou que terá o quinto técnico nesta temporada, o japonês cobrou explicações.

    "Inacreditável. Vou começar a pensar em sair se eles não me convencerem em alguns dias" desabafou em uma de suas redes sociais 

    Enterrado na vice-lanterna do Brasileirão, o Botafogo demitiu o técnico Ramón Díaz, que não chegou a estrear pelo clube, e anunciou a contratação de Eduardo Barroca. É nada menos que o quinto treinador nesta temporada.

    O clube começou o ano com Alberto Valentim e ainda passou por Autuori e Bruno Lazaroni antes da troca de comando desta sexta. Fora os três jogos em que o preparador de goleiros Flávio Tênius ficou no comando.

    Recentemente, Honda acertou renovação de contrato até fevereiro de 2021, quando termina o Campeonato Brasileiro. O jogador é titular absoluto do time, mas ficou fora de algumas partidas por limitações físicas. O camisa 4 fez 24 jogos e três gols nessa temporada.

    *Com informações do Globo Esporte

    Leia mais:

    Pedro e Rodrigo Caio avançam em recuperação e dão esperança ao Fla 

    Botafogo demite Ramón Díaz e Eduardo Barroca assume a equipe 

    Brasil vence o Panamá e segue invicto na competição