Fonte: OpenWeather

    Brasileirão


    Sede do Botafogo é pichada e jogadores são ameaçados de morte

    As tensões entre torcida e clube aumentaram depois da eliminação na Copa do Brasil e resultados negativos no Brasileirão

    Os muros foram pichados durante a madrugada
    Os muros foram pichados durante a madrugada | Foto: Reprodução

    Os muros no entorno do Nilton Santos e de General Severiano amanheceram pichados com ameaças de morte a jogadores e dirigentes do Botafogo nesta terça-feira (1).

    Fotos que circulam em redes sociais mostram a sede e o estádio com ameaças em caso de rebaixamento para a segunda divisão ou se não vencerem no próximo sábado (5). 

    As pichações possuem tons de ameaça. Frases como "O Botafogo vale mais que suas vidas" e "Se cair, vai morrer", foram vistas por toda a extensão dos muros da sede. 

    Com 20 pontos em 22 jogos, o Botafogo está na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro. O próximo jogo será contra o Flamengo, no próprio Nilton Santos, pela 24ª rodada. A partida marcaria a reestreia de Eduardo Barroca no comando alvinegro, mas o técnico está com Covid-19 e não ficará à frente da equipe.

    Matematicamente, o time possui mais de 50% de chance de cair para a Série B
    Matematicamente, o time possui mais de 50% de chance de cair para a Série B | Foto: Reprodução

    O clube passa por uma crise. Durante a temporada já foram contratados cinco técnicos, mas nenhuma troca de comando pareceu eficaz.

    Há poucas rodadas do fim do campeonato, o "Glorioso" venceu apenas três jogos, e sua principal aposta para a temporada, o meia Keisuke Honda, desabafou que pensa em sair da equipe, caso a situação não mude.

    *Com informações do Globo Esporte 

    Leia mais:

    Flamengo vai para 'tudo ou nada' contra o Racing, nesta terça (1º) 

    Ceará goleia em São Januário e afunda o Vasco no Campeonato Brasileiro  

    Botafogo: Eduardo Barroca é afastado com Covid-19