Fonte: OpenWeather

    Liga dos Campeões


    UEFA propõe mudanças no sistema da Champions League

    No modelo vigente, cada equipe disputa seis jogos contra três times do grupo em que está inserido. O formato é apelidado de “Sistema Suíço”.

    Atualmente, a Champions League usa o sistema suíço em eliminatórias
    Atualmente, a Champions League usa o sistema suíço em eliminatórias | Foto: UEFA/Divulgação

    Visando evitar a criação de uma Superliga Europeia, a Uefa irá apresentar uma nova proposta de formato para a Liga dos Campeões à Associação de Clubes Europeus. Dentre as principais mudanças, a competição que atualmente abriga 32 times passaria a contar com 36 equipes.

    Além do aumento do número de clubes no torneio, cada um jogaria até 10 partidas antes de conseguir classificação para as oitavas de final da competição. 

    A fase de oitavas de final também iria ser alterada e passaria a adotar um modelo similar ao da NBA, em que o melhor classificado enfrenta o pior. Este sistema seria exatamente igual ao que era usado na Libertadores até 2016.

    Atualmente, tanto a Champions League quanto a Libertadores adotam o sorteio em que qualquer time classificado em primeiro lugar em um determinado grupo pode enfrentar qualquer equipe classificada em segundo lugar de uma outra chave.

    De acordo com a Uefa, o novo modelo seria atrativo por possibilitar que as pessoas assistam partidas mais relevantes entre rivais da elite europeia, além de gerar mais dinheiro para dividir entre os clubes participantes da Liga dos Campeões.

    *Com informações do Lance

    Leia mais: 

    Liverpool bate Ajax e garante classificação na Liga dos Campeões  

    Atletas das Olimpíadas serão testados a cada 96-120 horas, diz comitê 

    Bahia se classifica na Sul-Americana após empate na Argentina