Fonte: OpenWeather

    Perda na comunicação


    Morre aos 88 anos, de Covid-19, o jornalista Orlando Duarte, em SP

    Orlando fez a cobertura jornalística de 14 Copas do Mundo

    | Foto: Acervo São Paulo FC

    Faleceu nesta terça-feira (15), vítima de complicações da Covid-19 e aos 88 anos, o jornalista e comentarista esportivo Orlando Duarte. Ele estava internado há três semanas em um hospital de São Paulo.  

    Orlando esteve na cobertura jornalística de 14 Copas do Mundo e dez edições de Olimpíadas. Trabalhou nas TVs Globo, Band, Gazeta, SBT e Cultura e nas rádios Bandeirantes, Gazeta, Trianon e Jovem Pan, passando pela Rádio Nacional em 2014, onde comentou o Mundial disputado no Brasil.

    Ele também escreveu mais de 30 livros sobre esportes, ganhando o apelido de "eclético". Entre as principais obras, estão as que publicou a respeito do Rei Pelé, das histórias olímpicas e das Copas e do chamado Trio de Ferro da capital paulista: São Paulo, Corinthians e Palmeiras.

    Os clubes relembraram os livros em postagens no Twitter lamentando o falecimento do comentarista, que desde 2018 sofria do Mal de Alzheimer.

    A direção do Corinthians postou a homenagem nas redes sociais e agradeceu ao jornalista os anos prestados para a comunicação e ao esporte.

    "Lamentamos a perda do jornalista Orlando Duarte aos 88 anos, nesta terça, por Covid-19. Além de passagens por jornais, rádios e TVs, Orlando foi autor de vários livros, entre eles 'Corinthians – O Time da Fiel'. Desejamos força aos familiares e amigos neste momento de luto", diz a postagem. 

    "O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente a morte do jornalista esportivo Orlando Duarte. Desejamos muita força aos familiares e amigos neste momento tão triste. Descanse em paz", postou o Clube de Regatas do Flamengo. 

    *Via Agência Brasil

    Leia mais:

    Seleção da Bola de Ouro tem Pelé, Ronaldo e Cafú

    Fast Clube joga neste domingo (20) pelas oitavas de final da Série D