Fonte: OpenWeather

    Futebol 2020


    Invicta, seleção da 'Alemanha' vence Campeonato de Peladeiros 2020

    Os 'peladeiros alemãs' levaram o título para casa com duas rodadas de antecedência

    O time vitorioso levantou a taça de 2020
    O time vitorioso levantou a taça de 2020 | Foto: André Moreira

    Manaus - Determinação, empenho e criatividade são as palavras que resumem a seleção da Alemanha, campeã invicta do campeonato da 44ª Associação de Peladeiros Civis e Militares de Manaus (APCMM), de 2020.

    As seleções do Egito e Nova Zelândia ficaram com o segundo e terceiro lugares, respectivamente, na competição, que contou ainda com a participação do Brasil, Coreia do Sul e Arábia Saudita.

    Os “peladeiros alemãs” levaram o título para casa com duas rodadas de antecedência e só tiveram a oportunidade de levantar a taça, no fim de semana, ao garantir o empate de 2 a 2 com a seleção da Arábia Saudita, no campo do 4º Centro de Geoinformação (4º CGEO), do Exército do Amazonas, localizado no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.

    De acordo com os organizadores da competição, que existe há 44 anos, é a primeira vez que uma equipe vence a competição sem perder nenhum jogo.

    “Entramos para a história da Associação dos Peladeiros Civis e Militares de Manaus ao vencer a competição sem perder nenhuma partida para as outras seleções, que estavam em um nível muito bom este ano. Parabéns a todos que participaram e em especial a seleção da Alemanha”, ressaltou o professor Ricardo Onety, volante da Alemanha.

    O time brilhou e venceu no campo
    O time brilhou e venceu no campo | Foto: André Moreira

    A Alemanha iniciou o primeiro turno da competição mostrando que estava disposta a vencer quem passasse em seu “caminho”. Foram quatro vitórias (1 a 0 na Nova Zelândia; 2 a 0 no Brasil; 4 a 1 na Coreia do Sul; e 3 a 0 na Arábia Saudita) e apenas um empate (2 a 2 com o Egito).

    No segundo turno, a seleção manteve o ritmo rumo ao título inédito da competição, mas não foi tão fácil. Com três triunfos (5 a 1 no Egito; 2 a 1 no Brasil; 3 a 1 na Coreia do Sul) e dois empates (1 a 1 com a Nova Zelândia e 2 a 2 com a Arábia Saudita), os “peladeiros germânicos” sagraram-se campeões.

    “Foi uma disputa muito acirrada. Ninguém quer perder. Todas as seleções lutam para vencer, mas a lição que nós tiramos é que com união se vence e isso nós provamos em campo”, ressaltou o empresário e lateral-direito da Alemanha, Jairo da Vical.  

    Artilheiro de 2020

    O jogador marcou nove vezes na competição
    O jogador marcou nove vezes na competição | Foto: André Moreira

    O título ficou nas mãos da seleção da Alemanha, mas a artilharia da competição foi do atacante da seleção da Coreia do Sul, Anderson Leão. O “matador” balançou a rede dos adversários por nove vezes e se consagrou o craque dos “peladeiros de 2020”. 

    Também entraram para a lista dos artilheiros da competição o atacante da seleção alemã, Araújo com oito gols anotados, seguido de Hudson e Gilmar, ambos da seleção do Egito, e João Luiz, da Coreia do Sul, com sete gols.  

    Homenagem vítimas da Covid-19

    Na última rodada da competição, a Associação de Peladeiros Civis e Militares de Manaus fez uma homenagem às vítimas da Covid-19, que matou no Amazonas, mais de 5 mil pessoas.

    Unidas, as seleções da Alemanha, Egito e Nova Zelândia, Coreia do Sul, Brasil e Arábia Saudita levaram para campo uma faixa com a frase:

    As homenagens foram para as vítimas de Covid-19
    As homenagens foram para as vítimas de Covid-19 | Foto: André Moreira

    “Nossa solidariedade às famílias das vítimas da Covid-19, Deus os confortará!''. A Associação também desejou um próximo ano rico de esperança a todos.

    “Todos os associados entenderam a delicadeza da situação atual, que nos impõe restrições, para resguardar a integridade da nossa saúde, assim como corresponder ao cumprimento das Medidas de Prevenção solicitadas pelo Chefe do 4° CGEO, diante dessa pandemia, que tanto mal nos tem causado a população. Fizemos uma competição respeitosa e com isso, saímos de campo vitoriosos, pois a amizade e o respeito ao próximo, prevaleceram”, finalizou o presidente da APCMM, coronel Franco. 

    ‘Jovem peladeiro’

    A idade é o que menos importa quando o assunto é futebol. Isso é cumprido à risca na Associação de Peladeiros Civis e Militares de Manaus (APCMM), que tem como média de idade 55 anos.

    Ele mostra que idade não tem a ver com desempenho no esporte
    Ele mostra que idade não tem a ver com desempenho no esporte | Foto: André Moreira

    Com 77 anos, Raimundo Ramos esbanja saúde em campo. Integrante da seleção do Brasil, o experiente jogador ressalta que há um mês de completar mais um ano de vida, já está pensando na próxima competição, que acontecerá no ano que vem.

    “Estou há 28 anos competindo e isso muito me orgulha. Aqui fiz amizades que levarei para o resto de minha vida. Tenho amigos em muitos Estados do país graças a esta competição que une as pessoas, seja ela militar ou civil. Termina mais um campeonato, mas já estou me preparando para o próximo, pois sou apaixonado por futebol, ainda mais quando é entre amigos”, pontuou o experiente jogador.

    44 anos de história

    A Associação dos Peladeiros Civis e Militares de Manaus (APCMM) foi fundada em 1976, e tem objetivo de reunir e efetuar o congraçamento de civis e militares residentes em Manaus, no Estado do Amazonas, por meio de jogos e campeonatos de futebol nos finais de semana, para homens acima de 35 anos de idade.

    Essa Associação foi criada pensando-se também no crescente número de militares oriundos de outras regiões deste imenso Brasil, os quais ao chegarem a Manaus, estabelecem residência permanente.

    Anualmente a Associação realiza dois campeonatos, um em cada semestre do ano, com temas variados, que vão desde nomes de cidades do Estado do Amazonas, a nomes de equipes ou seleções de futebol do mundo.

    Leia mais:

    Iniesta sofre grave lesão e ficará fora dos gramados por quatro meses

    Bruno Henrique é absolvido pelo STJD e poderá jogar contra o Bahia