Fonte: OpenWeather

    Campeonato Brasileiro


    Chances do Cruzeiro ir para a Série A é de apenas 0,4%

    A equipe precisa conquistar todos os 18 pontos restantes para sonhar com a classificação

     

    O time comandado por Felipão pode ser o primeiro dos grandes times brasileiros, a repetir a série B
    O time comandado por Felipão pode ser o primeiro dos grandes times brasileiros, a repetir a série B | Foto: Yuri Laurindo

    Com o empate em 0 a 0 com o Cuiabá, nesta terça-feira (29) o Cruzeiro reduziu suas chances de acesso a Série A para 0,4%. O "Celeste" precisa vencer todos os jogos restantes na competição e torcer para seus adversários tropeçarem. 

    Faltando três dias para completar 100 anos, o  Cruzeiro corre sério risco de ser o primeiro grande do futebol brasileiro a ter de repetir a Série B do Brasileiro. 

    A chance irrisória de acesso faz com que o Cruzeiro (41 pontos) tenha de conquistar os 18 pontos restantes e ainda torcer por sucessivos tropeços dos outros oito times acima na tabela e que estão no bolo pelo terceiro e quarto lugares, já que América-MG e Chapecoense estão bem distantes.

    Se não conseguir um dos maiores milagres da história do futebol, o Cruzeiro será o primeiro dos clubes considerados “grandes” no país que caiu para a Série B e repetiu de ano na divisão. 

    Palmeiras e Botafogo (2003), Grêmio (2005), Atlético-MG (2006), Corinthians (2008), Vasco (2009), Palmeiras (2013), Vasco (2014), Botafogo (2015), Vasco (2016) e Internacional (2017). Todos eles jogaram apenas a edição em que caíram e conseguiram o acesso no mesmo ano.

    O Cruzeiro caminha para quebrar a escrita destes clubes e permanecer na Série B, em pleno centenário do clube. Até ano passado, a Raposa era um dos times que se vangloriava de nunca ter sido rebaixada. 

     *Com informações do Globo Esporte 

    Leia mais: 

    Conheça Luizinho Vieira, o novo técnico do Manaus FC  

    São Paulo busca superar Grêmio para vaga na final da Copa do Brasil  

    Douglas Lima é o novo reforço do Manaus FC par 2021