Fonte: OpenWeather

    Copa Libertadores da América


    Santos enfrenta o Boca Juniors na Libertadores nesta quarta (6)

    Em campo vão estar nove títulos continentais, seis Copas Libertadores da América para o Boca, e quatro do Santos

     

    Marinho vive ótima fase, enquanto o craque argentino, Tevez, passa por um jejum de gols, sem marcar a um mês
    Marinho vive ótima fase, enquanto o craque argentino, Tevez, passa por um jejum de gols, sem marcar a um mês | Foto: Reprodução

    Dois gigantes do futebol Sul-Americano se enfrentam nesta quarta-feira (6). O Santos se prepara para enfrentar o Boca Juniors, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores. A partida acontece na casa dos argentinos, no estádio La Bombonera, às 18h15. A equipe brasileira tem a difícil missão de derrotar o time que é hexacampeão.

    Santos x Boca Juniors 

    O time treinou durante a semana no Centro de Treinamento (CT) Rei Pelé e já está em solo "hermano". O time, que está em preparação desde o dia 28 de dezembro, garante estar entrosado para fazer uma ótima partida contra o Boca. 

    "Ter tempo para trabalhar era uma coisa que não estávamos conseguindo durante toda a temporada, e finalmente tivemos isso agora. Trabalhamos muito bem, mais de uma semana bem intensos nas atividades e focados apenas no Boca. Hoje foi a atividade mais decisiva, onde fizemos um pouco de tudo. Cada dia da semana nós trabalhamos uma coisa e hoje juntamos tudo. Foi um belo período de treinos” contou o zagueiro Luan Peres. 

    No retrospecto do confronto pela Libertadores, o Santos venceu seis partidas, contra quatro vitórias dos argentinos, além de dois empates. 

     

    Cuca comemorando a classificação para a semifinal, sobre o Grêmio
    Cuca comemorando a classificação para a semifinal, sobre o Grêmio | Foto: Staff Images / CONMEBOL

    Cuca terá todos os seus jogadores entrará em campo a toda força, pois possui todos os jogadores a disposição. Os laterais Madson e Pará estão recuperados de lesão e estão aptos a voltar.

    Durante a temporada, o time sofreu com suspensões e lesões. Apesar das baixas passadas, Cuca e sua comissão realizaram um verdadeiro milagre e conseguiram levar a equipe a fase decisiva do torneio.  

    Soltedo, Marinho e Kaio Jorge se tornaram a aposta do Santos para essa decisão. O trio faz uma ótima temporada e podem ser os responsáveis em comandar a equipe, rumo a vitória. 

     

    Miguel Russo em jogo contra o Independiente, pela libertadores
    Miguel Russo em jogo contra o Independiente, pela libertadores | Foto: Cris Bouroncle/AFP

    No Boca Juniors, um de seus titulares, o volante Diego González se recuperou de um problema muscular, e treinou com a equipe nesta terça-feira (5). Poupado no último jogo contra o River Plate, pelo Campeonato Argentino, e mesmo sem marcar a um mês, Tevez pode voltar a campo e ser a arma da equipe "Azul y Oro", contra o Santos. A experiência do jogador traz confiança ao técnico e seus companheiros de equipe.

    Por outro lado, o meio-campista Jorman Campuzano não entrará em campo. O atleta teve uma inflamação muscular, após o jogo contra o River Plate, pelo Campeonato Argentino. 

    O técnico Miguel Ángel Russo, do Boca Juniors, é um velho conhecido da torcida. Ele comandou o clube em sua última conquista da Libertadores, em 2007. Agora, a diretoria do clube confia em sua experiência para tentar reconquistar a América. 

    Leia mais: 

    Marcão, técnico do Fluminense, testa positivo para Covid-19 

    CBF divulga calendário do Futebol Feminino 2021; veja datas 

    De volta ao Vasco, Luxemburgo é apresentado no clube