Fonte: OpenWeather

    Copa Libertadores da América


    Santos cobra Conmebol por pênalti não marcado em Marinho

    O árbitro de vídeo (VAR) não foi chamado para a verificação do lance, situação que causou revolta por parte dos jogadores e comissão do Santos

     

    O Santos espera um posicionamento da Conmebol, sobre o caso
    O Santos espera um posicionamento da Conmebol, sobre o caso | Foto: Getty Images

    Uma polêmica de arbitragem encerrou o jogo entre Santos e Boca Juniors, nesta quarta-feira (6). Um pênalti não marcado para o peixe foi o motivo. Um dia após o confronto, o Peixe emitiu um comunicado oficial cobrando providências da Conmebol e solicitando que "isso não ocorra mais".

    O comunicado divulgado pela equipe brasileira destaca o ofício enviado pelo presidente do Santos, Andres Rueda, à entidade máxima do futebol sul-americano e ao responsável pela Comissão de Arbitragem, além de encaminhar o mesmo para os presidentes da CBF e FPF.

    O lance em questão diz respeito a um possível pênalti cometido por Izquierdoz, zagueiro do Boca, em cima de Marinho. O questionamento do Santos passa pelo entendimento do porque o VAR não foi acionado no momento da falta.

    “Mais uma vez presenciamos um episódio que não condiz com as recentes melhorias, os investimentos e os pilares de desenvolvimento da Conmebol nos últimos dois anos. Solicitamos que isso não ocorra mais. São dois clubes muito grandes, dois dos maiores times do Mundo, e isso só atrapalha o espetáculo. Queremos que as tecnologias sejam bem utilizadas e que todos sejam tratados da mesma forma”, destacou a nota. O fato não parece ser uma exceção e sim regra - o Santos destacou ainda que outros clubes brasileiros já foram prejudicados e pediu para que "os erros não fiquem impunes", disse a nota. 

    *Com informações da Gazeta Esportiva 

    Leia mais: 

    Benzema será julgado em caso de chantagem envolvendo vídeo íntimo  

    Zidane fica em isolamento após contato com infectado pela Covid-19 

    Após nove jogos, Marcelo Chamusca é demitido do Fortaleza