Fonte: OpenWeather

    Campeonato Brasileiro


    Flamengo cola no líder Internacional e sonha com o título

    O colorado fica isolado na na liderança do Brasileirão, se vencer o Gre-Nal

     

    O Flamengo alcançou a segunda vitória seguida e colou no líder
    O Flamengo alcançou a segunda vitória seguida e colou no líder | Foto: Reprodução

    O Flamengo enfrenta o Athletico-PR neste domingo (24), às 15h, no estádio Arena da Baixada. O carioca precisa vencer para continuar vivo na briga pelo título. O líder internacional duela com o Grêmio, no estádio Beira-Rio, às 15h.

    Flamengo x Athletico-PR 

    O Flamengo joga fora de casa, pela 32a rodada do Brasileirão, precisando vencer para colar no líder e manter vivo o sonho de conquistar o título do campeonato.

    Depois de três partidas sem vencer, o clube carioca conseguiu a vitória sob o Goiás por 3 a 0, e sobre o Palmeiras por 2 a 0, e deu um novo gás para os torcedores acreditarem na conquista.

    Rogério Ceni começou a preparação para enfrentar o Athletico-PR no Centro de Treinamento (CT) George Helal. Os titulares da partida de quinta-feira (21) contra o Palmeiras fizeram trabalhos de regeneração, na academia do clube, enquanto os outros realizavam atividades com bola.

    Ceni e comissão técnica realizaram treinos táticos e técnicos com a equipe. A defesa é uma das preocupações do rubro-negro. O time ainda não conseguiu passar mais de três jogos sem sofrer gol.

    Para a partida, o técnico terá todos os seus jogadores à disposição, podendo ir com força total atrás da vitória.

     

    Flamengo e Athletico duelam neste domingo (24)
    Flamengo e Athletico duelam neste domingo (24) | Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

    O primeiro treino do Furacão foi em Salvador. Após a derrota para o Bahia, o time paranaense voltou suas atenções para a partida contra o Flamengo. O técnico Paulo Autuori dividiu o elenco em dois grupos. Os titulares fizeram apenas trabalhos de regeneração muscular, e os reservas tiveram exercícios técnicos e táticos.

    A equipe athleticana segue sem vencer a três partidas, e vê a oportunidade de voltar a vencer contra o Flamengo, um dos líderes do campeonato, o que traria um novo ânimo aos torcedores e jogadores.

    O Furacão não vence o time carioca desde 2019. Já são oito partidas de jejum, e os jogadores pretendem derrubar esse mini tabu.

    Internacional x Grêmio 

    Após golear o São Paulo por 5 a 1 e conquistar a liderança, o Internacional voltou aos treinos, visando o jogo contra o Grêmio, que busca voltar ao G4 do torneio.

    Vencendo os paulistas, o colorado alcançou uma nova marca histórica para o clube, com sete vitórias seguidas. A maior sequência do Inter, na história dos pontos corridos.

    O Inter voltou às atividades no CT Parque Gigante. Os reservas foram ao gramado e trabalharam com bola. Abel Braga e comissão comandaram exercícios técnicos e táticos com a equipe.

    Um dos focos dos treinos são as jogadas com bola parada, que mostraram ser uma das armas do Internacional, para balançar a rede adversária.

    Fundamental no primeiro turno do campeonato, Thiago Galhardo ainda se recupera de lesão e não deve jogar o Gre-Nal.

     

    Grêmio e Internacional farão o Gre-Nal 429
    Grêmio e Internacional farão o Gre-Nal 429 | Foto: Everton Pereira/Ofotografico

    Após empatar em 1 a 1 com o Atlético-MG, o Grêmio já treina para o jogo contra o líder. O elenco voltou ao CT Luiz Carvalho e realizou atividades técnicas e táticas.

    Os treinos foram comandados por Renato Gaúcho e o Auxiliar Alexandre Mendes, que propuseram um treinamento com campo reduzido. Os jogadores foram divididos em dois times, e o objetivo era buscar o gol, enquanto o adversário tinha a missão de fazer marcação alta e tomar a bola.

    Com 51 pontos e na 6° colocação, o Imortal precisa vencer para voltar ao G4 e garantir uma vaga na zona de classificação para a

    Libertadores 2021.

    Leia mais:

    Manaus FC goleia Ji-Paraná por 5 a 0 e avança na Copa Verde 

    Flamengo converterá dinheiro de leilão em oxigênio para Manaus  

    Na ponta do lápis, Botafogo tem 99% de chance de rebaixamento