Fonte: OpenWeather

    Acidente aéreo


    Causa do acidente que matou Kobe Bryant pode ser definida hoje (9)

    O acidente aéreo aconteceu em janeiro de 2020 matou o jogador da NBA e a filha

     

    Aos 41 anos, Kobe era considerado o “Michael Jordan” de sua geração e fez história com o Los Angeles Lakers durante 20 anos
    Aos 41 anos, Kobe era considerado o “Michael Jordan” de sua geração e fez história com o Los Angeles Lakers durante 20 anos | Foto: Divulgação

    Pode ser determinado hoje (9) pelo Conselho Nacional de Segurança dos Transportes dos Estados Unidos (NTSB) a causa provável da queda de helicóptero que matou o astro da NBA Kobe Bryant, sua filha e sete outras pessoas em 26 de janeiro de 2020.  

    Segundo informações do NTSB, as ações do piloto são o foco da investigação da queda do helicóptero.O piloto Ara Zobayan disse aos controladores de tráfego aéreo que sua aeronave estava se elevando de nuvens pesadas, quando na verdade estava abaixando, imediatamente antes de se chocar com a encosta de uma colina perto da cidade de Calabasas, disse o NTSB em junho.

     

    Kobe foi cinco vezes campeão da NBA, possui duas medalhas de Ouro nas Olimpíadas, além de um título da Copa do Mundo de Basquete com os Estados Unidos
    Kobe foi cinco vezes campeão da NBA, possui duas medalhas de Ouro nas Olimpíadas, além de um título da Copa do Mundo de Basquete com os Estados Unidos | Foto: Reprodução

    O conselho disse que os pilotos podem se confundir a respeito da atitude e da aceleração de uma aeronave quando não conseguem ver o céu ou a paisagem ao seu redor, o que causa uma "desorientação espacial".

    "Sem referências externas ou atenção ao mostrador de atitude do helicóptero, os verdadeiros ângulos de arfagem e inclinação podem ser mal interpretados", disse o NTSB em junho. Zobayan também morreu no acidente.

    *Via Agência Brasil

    Leia mais:

    Loco Abreu é contratado pelo Athletic Clube de Minas Gerais

    Após gol polêmico, Paysandu pede anulação de partida contra Manaus FC