Fonte: OpenWeather

    Acidente fatal


    Neblina causou acidente que matou jogador da NBA, Kobe Bryant

    A baixa visibilidade fez com o piloto achasse que estava subindo, quando na verdade, estava caindo

     

    O acidente ocorreu em Calabasas, na Califórnia, no qual morreu uma das maiores lendas da história da NBA, aos 41 anos, e também sua filha Gigi, de 13
    O acidente ocorreu em Calabasas, na Califórnia, no qual morreu uma das maiores lendas da história da NBA, aos 41 anos, e também sua filha Gigi, de 13 | Foto: Reprodução

    Foi concluído nesta terça-feira (9), as investigações da causa do acidente aéreo que matou Kobe Bryant e outras oito pessoas em janeiro de 2020.

    O piloto do helicóptero estava desorientado por causa do nevoeiro. Ele, antes do choque, informou que estava ganhando altitude, quando na verdade, estava perdendo.

    O Conselho Nacional de Segurança nos Transportes (NTSB) argumenta que o piloto não seguiu as regras quando voou entre nuvens espessas.

    O acidente ocorreu em Calabasas, na Califórnia, no qual morreu uma das maiores lendas da história da NBA, aos 41 anos, e também sua filha Gigi, de 13.

    Leia mais:

    Nos EUA, Esquiva Falcão treina para enfrentar russo

    Confira as mudanças na tabela do Campeonato Amazonense 2020