Fonte: OpenWeather

    Decisão no Maraca


    Flamengo e Internacional: jogo com gosto de decisão no Maracanã

    Jogadores avaliam o momento dos times e vão para o 'tudo ou nada' dentro de campo

     

    Somente a vitória importa para os times
    Somente a vitória importa para os times | Foto: Reprodução clubes

    O Campeonato Brasileiro está chegando ao fim e o duelo deste domingo (21) entre Flamengo e Internacional, às 16h, no Maracanã, tem gosto de decisão. O Inter tenta ser campeão na casa do rival, já o Flamengo promete dificultar a vida do Colorado.

    Um jogo para o título

     

    O time treinou pesado para o duelo
    O time treinou pesado para o duelo | Foto: Ricardo Duarte/Internacional

    O Internacional treinou forte nos últimos dias. O treinador Abel Braga comandou uma atividade tática no centro de treinamento, projetando o duelo do fim de semana. Sem poder contar com o zagueiro Victor Cuesta, o técnico testa alternativas para escolher o seu substituto.

    O goleiro Marcelo Lomba conversou de maneira exclusiva com a mídia colorada e projetou o importante confronto em solo carioca, partida que pode valer ao Clube do Povo o título nacional.

    “É um jogo muito importante, decisivo. Mas apenas um resultado é decisivo, a vitória do Inter. Claro que o Flamengo não vai querer deixar escapar, mas a gente vai medir forças. O Inter vem numa batida forte, estamos com uma expectativa boa, mas com os pés no chão, apoiados na força do grupo, no trabalho construído. Domingo, a gente vai estar com o nosso máximo de empenho, concentração, para buscar essa vitória”, disse.

    Lomba também falou sobre o ritmo de jogo que o Inter encaixa nos jogos. Um time que sofre poucos gols, mas que também não deixa, em nenhum momento, de atacar.

    “A gente mescla bem entre se defender seguro e um ataque rápido. Os resultados estão acontecendo, as vitórias estão chegando, e o grupo, como um todo, está sendo falado por todo o Brasil”, completou.

    Fundado em 1909, o Inter foi Campeão Brasileiro em 1975, 1976 e 1979. "Sou Colorado, mas o Flamengo é completo favorito com o elenco de craques que tem", disse o torcedor Ivan Batista. 

    Flamengo para tudo ou nada

    O Mengão, por sua vez, continuou em treinamento após vencer o Corinthians por 2 a 1, também no Maracanã, com gols de William Arão e Gabigol, no último domingo (14). Em entrevista coletiva no Ninho do Urubu, Diego Ribas, camisa 10 do Mengão, falou sobre o jogo difícil deste domingo e avaliou o momento da equipe.

     

    Diego Ribas diz que a equipe está preparada para o confronto no Maracanã
    Diego Ribas diz que a equipe está preparada para o confronto no Maracanã | Foto: Alexandre Vidal / CRF

    “Como foi lembrado, conquistamos três títulos nesta temporada e agora disputando mais um que é muito importante. Estamos fortes e firmes ainda. O balanço só poso fazer quando terminar. Temos uma grande resiliência. Todos foram prejudicados com essa pandemia. Seguiremos focados”, disse.

    O jogador conhece bem o adversário e falou sobre a maestria do treinador Abel, que comanda o Inter. Ele afirma que o time corresponderá a altura.

    “Tenho muito carinho e respeito pelo Abel e vai ser um prazer reencontrá-lo. Esperamos que ele esteja estudando e analisando a nossa equipe e com certeza, para que seja um jogo equilibrado. Da nossa parte, a mesma coisa. Vamos nos preparar da melhor forma possível. Jogamos em casa e estamos confiante”, disse Ribas. 

    O Flamengo foi Campeão Brasileiro sete vezes: 1980, 1982, 1983, 1987, 1992, 2009 e 2019. A expectativa é de que Ceni repita a escalação da vitória sobre o Corinthians: Hugo, Isla, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego, Gérson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

    "Eu quero que o Gabigol faça pelo menos, uns cinco gols nessas duas partidas que faltam para ser artilheiro e campeão de novo pelo Mengão. Galera, vamos acreditar", disse o torcedor Rubro Negro, Claudemir. 

    Leia mais:

    Copa Verde: Remo goleia Manaus e garante vaga na final

    4x1: Seleção Brasileira goleia a Argentina na estreia do 'She Believes'