Fonte: OpenWeather

    Campeão Amazonense 2020


    Com decisão nos pênaltis, Penarol é campeão do Barezão 2020

    Penarol bateu Manaus nos pênaltis e voltou a ser campeão amazonense após nove anos

     

    | Foto: João Normando -FAF


    Manaus- Com um jogo difícil e de muita marcação,  o Penarol Atlético Clube é o campeão amazonense de 2020, na Arena da Amazônia, nesta segunda-feira (1°).  A partida foi decidida nos pênaltis por 6 a 5 após empate de 1 a 1 no tempo normal do jogo. 

    A bola rolou na Arena com o primeiro gol marcado no segundo minuto da partida. O Penarol  adiantou a marcação, dificultou saída de bola do Manaus e Ramon abriu o placar na final. Este foi o primeiro gol do jogador no estadual.

    Aos sete minutos, Diego Rosa, do Manaus FC tenta mudar o resultado, recebe passe na entrada da área, arruma o corpo e arrisca dali, mas a bola bate na defesa e, sem força, fica para o goleiro Pedro Henrique. Após escanteio, a bola sobra para Edvan na ponta direta, que cruza fechado e cheio de veneno, mas a bola sai direto pela linha de fundo.

    Jairo Paraíba, do Penarol, caiu na área sentindo dores e foi retirado de campo de maca. Ele foi substituído por Denner. Do Manaus FC, Dudu sentiu dores e foi substituído por Tiago Costa, com 13 minutos do primeiro tempo. O Gavião do Norte começou a pressionar o adversário, que insiste nas jogadas de profundidade.

    Aos 28 do segundo tempo, Thago Spice chega por trás de Lucas Espiga e comete falta grave. Na batida Douglas bateu por cima da barreira, mas o goleiro Rafael fez a defesa.

    Aos 39 minutos do segundo tempo, Phiilip marca e igualou o jogo pela taça do Barezão 2020. Diego Rosa recebeu o passe de Luis Fernando na grande área, levou para o fundo e cruzou para trás. Philip só teve o trabalho de fugir da marcação de Pedro Henrique. O primeiro tempo terminou com o empate após a chance perdida de Diego Rosa que de frente para o gol, chutou para fora.

    Segundo tempo

    Na segunda parte do jogo houveram mudanças dos dois lados. No Manaus FC saiu Davis e Guilherme Amorim para entrada de Jackie Chan e Ibiapino. No Penarol saiu Alberto para entrada de Janderson. 

     Diferente do primeiro tempo, o Gavião do Norte começa assustando. Philip lançou para Diego Rosa dentro da área, mas goleiro conseguiu fazer a defesa. O Penarol segue na defesa e evitando os gols. 

     

    O Manaus FC pressionou o adversário
    O Manaus FC pressionou o adversário | Foto: Ismael Monteiro/Manaus FC

    Pedro Henrique e Júlio Campos, jogadores do Leão da Velha Serpa, precisaram de atendimento em campo pois estavam reclamando de dores. Ramon recebeu cartão amarelo em falta contra Rafael Ibiapino, aos 25 minutos do segundo tempo. 

    Pênaltis

    Diego Rosa do Manaus FC marcou o primeiro. Para o Penarol, Marcelo Cardoso balançou as redes. Na segunda tentativa do Gavião, Thiago Spice marcou. Na vez do Leão, Lucas Espiga bate fraco e desperdiça a chance. 

    Márcio Passos aproveitou a má fase e marcou para o Manaus. Desta vez, para o Penarol, quem acertou a rede foi Iuri. Rafael Ibipiano perdeu a chance de marcar pelo Gavião e Roni aproveitou para o Leão. A bola estava nas pernas de Vinicius Barba, que converteu em gol. Douglas também marcou e deixou tudo empatado. Philip e Jackie Chan do Manaus perderam a oportunidade de fazer gols.

    Ivan também perdeu, mas João Lucas não desperdiçou e consagrou Penarol Campeão 2020 do Amazonense.

    Penarol: Pedro Henrique, Douglas Ramos, Ivan, Iuri Barbosa, Ramon, Marcelo Cardoso, Alberto, Julio Campos, Jairo Paraíba, Edinho Correa e Lucas Espiga.

    Manaus FC: Rafael, Edvan, Luis Fernando, Spice, Dudu Mandai, Vinicius Borba, Guilherme Amorim, Erivelton, Diego Rosa, Gabriel Davis e Phiilip.

    Arbitragem do jogo: 1 árbitro: Edmar Campos da Encarnação; assistente 1: Uesclei Regison Pereira dos Santos; assistente 2: Alexsandro Lira de Alexandre e quarto árbitro: Rafael Ramos Tourinho.

    Leia mais:

    Ariel Holan é apresentado como novo técnico do Santos

    Carioca 2021: Bruno Viana desfalca Flamengo em jogo de estreia