Fonte: OpenWeather

    Decisão da Justiça


    Processo de estupro contra treinador de jiu-jítsu é arquivado nos EUA

    O brasileiro Rafael 'Barata' foi denunciado por uma aluna em novembro de 2020

     

    O advogado de Rafael alegou que o encontro do professor com a aluna ocorreu de maneira consensual
    O advogado de Rafael alegou que o encontro do professor com a aluna ocorreu de maneira consensual | Foto: Reprodução

    O brasileiro Rafael “Barata” Freitas, de 37 anos, treinador de Jiu-Jítsu de atletas como Holly Holm e Michelle Waterson, recebeu na semana passada, a notícia de que a promotoria de Albuquerque, nos Estados Unidos, retirou uma acusação de estupro, denunciado por uma aluna. 

    Freitas foi denunciado de abuso sexual e chegou a ser preso devido à acusação. Segundo o ABQjournal.com, não há provas concretas na investigação para condenar o treinador brasileiro. O fato do brasileiro ter residência em Albuquerque também influenciou no caso. Na época das acusações, Rafael respondeu em liberdade.

    O advogado de Rafael alegou que o encontro do professor com a aluna ocorreu de maneira consensual, citando ainda que a gravação de uma câmera de vigilância, entregue pela mulher à polícia, não identifica os crimes pelos quais o brasileiro foi acusado.

    Em declaração à polícia, a mulher contou que bebeu meio copo de vinho e depois tomou café da manhã, onde bebeu suco de laranja com ele antes da aula. A vítima acrescentou que foi ao banheiro e, ao voltar, viu que Rafael havia preparado um segundo copo de suco de laranja para ela, informando à polícia que também adicionou uma dose de uísque e ginger à bebida, e após cerca de 30 minutos, começou a “sentir sono”, enquanto Barata massageava as suas pernas. A vítima disse que “desmaiou rapidamente” e acordou horas depois, nua da cintura para baixo, já sem a presença do brasileiro na sala.

    *Metrópoles

    Leia mais:

    Conmebol anuncia doação de 50 mil doses de vacina para jogadores

    Time feminino de basquete é impedido de disputar Sul-Americano