Fonte: OpenWeather

    Pedido de clube


    Fluminense pede que torcida não faça aglomerações na Libertadores

    Também está proibida a presença de vendedores ambulantes dentro do anel de segurança e a instalação de telões no local

     

    As medidas valem para antes e depois dos jogos e, se descumpridas, podem resultar em multas e severas punições ao Fluminense
    As medidas valem para antes e depois dos jogos e, se descumpridas, podem resultar em multas e severas punições ao Fluminense | Foto: LUMINENSE F.C.//ARQUIVO

    O Fluminense soltou uma nota oficial nesta quinta-feira (15) para alertar os torcedores sobre os protocolos da Conmebol para a Libertadores. O clube ressalta que a ação conhecida como "Ruas de Fogo", assim como o uso de qualquer artefato inflamável, pirotécnico ou explosivo dentro do estádio ou nas áreas próximas e vias no entorno do local da partida é proibido pela confederação. 

    As medidas valem para antes e depois dos jogos e, se descumpridas, podem resultar em multas e severas punições ao Fluminense. Por conta da pandemia da Covid-19, o clube destaca que será responsável também pela segurança no perímetro externo do estádio e poderá ser punido caso haja presença de pessoas gerando aglomerações que contrariem os protocolos de prevenção ao coronavírus.

    Também está proibida a presença de vendedores ambulantes dentro do anel de segurança e a instalação de telões no local.

    "O regulamento é duro, expressamente, contra qualquer tipo de aglomeração, corredor ou recepção aos jogadores nos arredores do estádio"

     

    A estreia do Fluminense na Libertadores será no próximo dia 22, contra o River Plate (ARG), no Maracanã. As outras partidas em casa são contra o Independiente Santa Fe (COL) em 12 de maio, além de quem vencer entre Bolívar e Junior Barranquilla no dia 18.

    R7*

    Leia mais:

    Pedalada acontece em Manaus para incentivar uso da bicicleta

    Pré-Olímpico das Américas de Boxe em Buenos Aires é cancelado