Fonte: OpenWeather

    Libertadores da América


    Em Buenos Aires, Flamengo estreia contra o Vélez Sarsfield

    O time sofre pressão por conta do resultado dos últimos jogos no Brasil

     

    A grande novidade na lista de relacionados para o duelo na Argentina foi a presença do meia Max, de 19 anos
    A grande novidade na lista de relacionados para o duelo na Argentina foi a presença do meia Max, de 19 anos | Foto: Marcelo Cortes / CRF

    O Flamengo faz sua estreia na Libertadores 2021, nesta terça-feira (20) contra o Vélez Sarsfield, em Buenos Aires. O time já treinou em solo argentino e segue para a primeira disputa rumo ao troféu do torneio organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol.

    O último treino da equipe aconteceu no Ninho do Urubu neste domingo (18). O time embarcou à noite para a Argentina e desembarcou na capital portenha por volta da meia-noite.

    Por conta dos testes de covid-19 no aeroporto, entretanto, o grupo só chegou ao hotel depois da 2 horas da manhã. Na tarde de segunda-feira (19), Rogério Ceni comandou a atividade que encerrou a preparação. O Flamengo utilizou as instalações da Casa Amarilla, o CT do Boca Juniors.

    A grande novidade na lista de relacionados para o duelo na Argentina foi a presença do meia Max, de 19 anos. O jogador do sub-20 ocupa o lugar que seria de Pepê, que pode estar de saída do Flamengo rumo ao Athletico-PR. Outros desfalques na delegação foram o zagueiro Rodrigo Caio, que está suspenso, além de Thiago Maia e do goleiro César, ambos se recuperando de lesão.

    Quem também não acompanhou a delegação foi o preparador Danilo Augusto, que se notabilizou desde o fim do Brasileirão pelas mensagens motivadoras para o elenco antes dos jogos. O profissional testou positivo para a Covid-19 e está afastado.

    Confira a lista de relacionados do Flamengo:

    Goleiros: Diego Alves, Hugo Souza e Gabriel Batista;

    Laterais: Isla, Matheuzinho, Filipe Luis e Renê

    Zagueiros: Bruno Viana e Gustavo Henrique

    Meias: Arrascaeta, Willian Arão, Gerson, Diego Ribas, Everton Ribeiro, João Gomes, Hugo Moura e Max

    Atacantes: Bruno Henrique, Gabigol, Vitinho, Pedro, Michael, e Rodrigo Muniz

    Ceni é defendido

    O vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, garantiu a manutenção de Rogério Ceni no clube.

    "Temos que dar o apoio devido. A gente não tem nenhum motivo para fazer uma ruptura. O treinador acabou de ser campeão brasileiro há um mês, há uma semana ganhou a Supercopa. É um treinador que já deu certo no Flamengo e está aí preparando o time para mais uma competição internacional", disse ao TNT Sports.

    Braz admitiu que precisa raciocinar muito para tomar uma decisão sem ser atrapalhado pela emoção.

    "A nossa posição é não agir muitas vezes com o coração, temos que ser mais frios. Para tirar um técnico, tem que colocar outro, tem um tabuleiro que se mexe. A gente confia no trabalho deles e os jogadores também, posso assegurar", declarou. 

    *Gazeta Esportiva

    Leia mais:

    Amazonense de 17 anos joga no time principal do Flamengo

    Flamengo chega a Buenos Aires para estreia na Libertadores