Fonte: OpenWeather

    Racismo no esporte


    Cabelo de jogadoras negras é chamado de “exótico” e CBF exige demissão

    Veja o vídeo do comentário feito durante a partida entre Napoli e Bahia

     

    Após o jogo, a CBF lamentou o ocorrido e exigiu que a empresa contratada pela transmissão, a MyCujoo, demita os profissionais envolvidos
    Após o jogo, a CBF lamentou o ocorrido e exigiu que a empresa contratada pela transmissão, a MyCujoo, demita os profissionais envolvidos | Foto: Andrielli Zambonin

    Um vídeo nas redes sociais ganhou repercussão neste fim de semana. O comentário feito durante a transmissão oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no jogo entre Napoli e Bahia, pelo Campeonato Brasileiro Feminino A-1, causou indignação no público. 

    O comentarista Edson Florão fez comentários preconceituosos sobre o cabelo de jogadoras negras do time baiano neste domingo (25). 

    Após o jogo, a CBF lamentou o ocorrido e exigiu que a empresa contratada pela transmissão, a MyCujoo, demita os profissionais envolvidos.

    Em um momento do jogo, Florão faz o comentário e, em resposta, o narrador compara o cabelo das atletas ao da cantora Margareth Menezes.

    Veja o momento em vídeo:


    O Bahia emitiu nota por meio de poema. Veja:

    "Por tê-lo e por ser belo

    O cabelo

    Querem zero, ou prendê-lo

    Eu não quero!"

    Veja vídeo com jogadoras do Bahia e Margareth Menezes:

    A diretoria do MyCujoo, assim como o narrador e o comentarista da partida, entraram em contato com o Bahia para pedir desculpas pelo episódio deste domingo. A CBF já havia lamentado

    Leia mais:

    Vídeo: jovem atleta negro é obrigado a entrar em armários com bananas

    Estudante manauara se retrata por posts racistas contra João do BBB21