Fonte: OpenWeather

    Esporte no Amazonas


    Auxílio de R$ 600 "reacende chama do esporte no AM", afirma FAAR

    O Auxílio Estadual no valor de R$ 600 beneficiará cerca de 5 mil profissionais, atletas e paratletas

     

    Será firmado acordo de cooperação com as entidades representativas dos profissionais de educação física e dos atletas para a execução do programa
    Será firmado acordo de cooperação com as entidades representativas dos profissionais de educação física e dos atletas para a execução do programa | Foto: Divulgação Secom

    Manaus - Os profissionais do esporte do Amazonas receberão ajuda para minimizar os impactos da pandemia de Covid-19 no estado. O governador do Amazonas, Wilson Lima sancionou a lei que cria o Auxílio Estadual no valor de R$ 600, divididos em três parcelas, para trabalhadores desse setor e das áreas do esporte nesta terça-feira (27).

    A notícia veio em um momento importante, pois aos poucos, as atividades esportistas retornam no Amazonas. Conforme novas medidas de circulação no Amazonas que anunciadas na última sexta-feira (16), pelo governador Wilson Lima, as academias e esportes de todas as modalidades só podem funcionar com aulas individuais, com funcionamento de segunda a sábado, de 6h às 21h. A prática de esporte coletiva só será permitida ao ar livre e sem público.

    De acordo com o diretor-presidente da Fundação Amazonense de Alto Rendimento (Faar), Jorge Elias, a lei sancionada reaquece a chama do esporte local e beneficia trabalhadores do setor que foram impactadas diretamente por conta da pandemia da Covid-19. 

      “Em primeiro lugar quero agradecer ao governador, pois esta iniciativa partiu dele. Para o esporte é muito significativo. A lei sancionada trata diretamente às pessoas que vivem do esporte, principalmente os profissionais de educação física e os atletas federados que serão beneficiados com o auxílio emergencial do esporte. Inclusive é uma das áreas que mais foram afetadas com a pandemia, por conta do fechamento das academias e espaços públicos voltados para o esporte. Tivemos muita debilidade econômica financeira no esporte e esse auxílio reacende a chama do esporte"  

     

    O Jorge Oliveira - Dir.-Pres. da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (FAAR) comentou sobre o benefício
    O Jorge Oliveira - Dir.-Pres. da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (FAAR) comentou sobre o benefício | Foto: Reprodução

    Para receber o auxílio, os trabalhadores do esporte deverão ter trabalho formal ativo. Ao todo, são cerca de 5 mil profissionais de educação física inscritos no Conselho Regional de Educação Física e atletas e paratletas, selecionados por meio das 70 federações ativas no estado.

    Será firmado acordo de cooperação com as entidades representativas dos profissionais de educação física e dos atletas para a execução do programa. O beneficiário terá que assinar autodeclaração para receber o auxílio.

    Jorge Elias afirma ainda que o auxílio emergencial para o esporte será uma semente para germinar para as próximas gerações e beneficiará os atuais trabalhadores do seguimento. 

      "Nós acreditamos que a partir desta semente, com esse olhar voltado para o esporte, vai ressurgir de uma forma grandiosa. A FAAR tem a responsabilidade de executar todo o auxílio, porém faremos acordos de cooperação para identificarmos os atletas em vulnerabilidade social”  

    Para receber o benefício, os atletas deverão ser maiores de 18 anos e os paratletas devem ter a idade mínima de 14 anos, e deverão estar vinculados a federações paralímpicas. É necessário ter atuado na área esportiva nos 24 meses anteriores à vigência da lei que cria o auxílio. A comprovação será por meio de documentos hábeis e autodeclaração.

    O pagamento do auxílio ficará condicionado à verificação de elegibilidade do beneficiário. A lista com os nomes das pessoas contempladas será divulgada pelo Governo do Amazonas. 

    Sobre o projeto de Lei


    O projeto de lei 178/2021 e 179/2021 foi assinado no último dia 20 de abril em votação pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). O autor da indicação é o deputado estadual João Luiz (Republicanos). Ele destacou que o apoio financeiro é uma vitória par o esporte no Amazonas, entre os mais prejudicados na pandemia.

    Leia mais:


    Wilson Lima lança pacote de apoio a cultura e economia criativa

    Auxílio de R$ 600 é confirmado para 13 mil profissionais do AM