Fonte: OpenWeather

    Esporte


    Goleira diz que sexo antes de jogos é comum no futebol feminino

    A prática do sexo na modalidade masculina é proibida antes das competições. A goleira russa afirma que a prática é normal

     

    A jogadora relatou ainda que não há limitação quanto à gravidez das atletas
    A jogadora relatou ainda que não há limitação quanto à gravidez das atletas | Foto: Reprodução

    Há algumas restrições impostas pela comissão técnica para que os atletas fiquem totalmente focados nas competições. Entre elas, está a restrição sexual.

    A goleira do CSKA, Elvira Todua, 35 anos, concedeu entrevista a um canal do Youtube e comentou sobre as restrições antes dos jogos. Ela disse que em relação ao sexo, não há controle no futebol feminino, diferentemente do que ocorre entre os homens.

    O sexo é moderado pela comissão técnica na modalidade masculina. A arqueira conta que não viu isso pelos clubes femininos que passou.

    “É normal que jogadoras possam fazer sexo, mas no caso dos homens sei que há treinadores que não são adeptos e os proíbem”

     

    A jogadora relatou ainda que não há limitação quanto à gravidez das atletas. “Nossos contratos estipulam que o clube é obrigado a nos pagar em caso de maternidade, mas também sei que alguns clubes rescindem contrato em caso de gravidez”.


    *Metrópoles

    Leia mais:

    Brasileiro Feminino: Palestrinas batem Grêmio e assumem liderança

    Torcedora sofre assédio sexual em transmissão de jogo em Manaus