Fonte: OpenWeather

    Esporte


    Luan recupera bom futebol e vira arma secreta do Corinthians

    Meia, que fez gol em clássico contra o São Paulo, tem feito boas partidas e superado críticas da torcida

     

    | Foto: Divulgação

    Apesar da derrota para o Peñarol na Copa Sul-Americana, torcedores do Corinthians ficaram animados com um "reforço" que o clube ganhou no início da atual temporada: Luan. O camisa sete parece ter recuperado o bom futebol e pode ser peça importante no time comandado pelo técnico Vagner Mancini.

    Apesar de ser substituído no início do segundo tempo, Luan deixou boa impressão para analistas e comentaristas. O meia comandou o time em campo, tocou bem a bola e coordenou as ações do setor ofensivo. A dose foi repetida no clássico diante do São Paulo, neste domingo. A boa exibição, aliás, foi coroada com um gol.

    Foi do camisa sete o tento que abriu o placar. O meia recebeu passe açucarado de Ramiro e acertou belo chute na entrada da área. A bola entrou no ângulo do goleiro Tiago Volpi. No fim, Corinthians e São Paulo empataram por 2 a 2, mas a boa partida feita pelo atleta é um bom sinal para o futuro do time corinthiano.

    O Corinthians sente falta de um meia de criatividade há pelo menos duas temporadas. Assim como Luan, outros jogadores contratados para a posição oscilaram negativamente. Cazares chegou, pouco jogou e já foi negociado com o Fluminense. O venezuelano Otero, titular no clássico, ainda é pouco produtivo e longe de ser um jogador decisivo.

    Com isso, a bola está com Luan. O atleta foi contratado junto ao Corinthians vindo do Grêmio, em uma negociação de cerca de R$ 22 milhões. Os valores envolvidos criaram expectativa na torcida pelo desempenho do jogador. Além disso, o atleta, que já vinha de altos e baixos no Grêmio, chegou a ser decisivo pela equipe gaúcha na conquista da Libertadores de 2017, no time comandado por Renato Gaúcho.

    Luan foi escolhido o Rei da América e disputou os Jogos Olímpicos do Rio em 2016. Cotado para jogar em um grande clube da Europa, o atleta sucumbiu às lesões e a confiança baixa. O bom futebol foi rareando, mas mesmo assim o Corinthians fez um alto investimento. Na temporada passada, o atleta foi chamado de "pipoqueiro" por não bater um pênalti na final do Paulistão contra o Palmeiras.

    No duelo contra o São Paulo, Luan acabou substituído por Mateus Vital, o que diminuiu o ímpeto do Corinthians no jogo e permitiu que o Tricolor pressionasse em busca do empate no segundo tempo. O gol derradeiro veio após pênalti sofrido por Pablo, muito bem convertido pelo atacante Luciano. No fim, o empate por 2 a 2 foi o resultado mais justo.

    Mancini segue pressionado como treinador do Corinthians. O técnico é criticado pela torcida por não dar um padrão de jogo ou mesmo melhorar a qualidade do futebol apresentado pelo time na temporada. O time soma apenas duas derrotas na temporada, mas os torcedores não acreditam que o comandante possa ser capaz de conduzir este elenco a algum título em 2021.

    Após o duelo contra o São Paulo, o goleiro Cássio afirmou que as críticas são injustas e que antigamente uma vitória por "meio a zero" era sinônimo de comemoração por parte da torcida. "Respeito a opinião de todos, mas não acho que as críticas são justas. Temos apenas duas derrotas no ano. Podemos melhorar o futebol, mas acho que há exagero", afirmou o goleiro após o duelo.

    O Corinthians pode render mais e boa parte dessa melhora passa pelos pés de Luan. O camisa sete pode ser o tão esperado jogador que a torcida espera para comandar o meio-campo do clube. Se o atleta seguir com o padrão mostrado contra Peñarol e São Paulo, um novo craque pode estar aportando no Parque São Jorge.

    Fonte: CenárioMT

    Leia mais:

    O caminho do Brasil na regulamentação de casas de apostas

    Torcedores usam o amor pelo esporte para investir e ganhar dinheiro

    Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 38 milhões