Fonte: OpenWeather

    Esporte na Infância


    Em Manaus, pais são responsáveis na inserção de crianças nos esportes

    Pais são os responsáveis por incentivar a prática do esporte na infância

     

    Pai começou a inserir os filhos nos esportes desde que tinham apenas 4 anos
    Pai começou a inserir os filhos nos esportes desde que tinham apenas 4 anos | Foto: Arquivo Pessoal

    Manaus - A vida no meio esportivo é incentivada desde a infância, seja para seguir o caminho profissional ou para o lazer. No entanto, conseguir cativar a atenção das crianças e fazer com que a prática seja saudável e responsável, pode ser um desafio. Todo o processo deve ser acompanhado por professores, pais e inclusive pediatras.

    Conforme os pequenos vão crescendo, em Manaus, pais veem neles a oportunidade de apresentar aos esportes. A decisão normalmente parte dos adultos, mas sempre em constante acordo com os verdadeiros praticantes.

    O engenheiro, Kleber Pontes, tem dois filhos apaixonados pelo mundo dos esportes, o Kauan, de 9 anos e a Klara, um ano mais nova. Ele conta que decidiu incentivar os filhos por uma questão pessoal: o seu amor pelo esporte.

     

    Kleber, acompanhado dos filhos, Kauan e Klara
    Kleber, acompanhado dos filhos, Kauan e Klara | Foto: Arquivo Pessoal

    Desde jovem com as atividades esportivas, viu nos filhos, a oportunidade de dar o apoio que nunca teve.

      "Eu fiz atletismo por muitos anos e queria criar uma carreira com isso, mas cresci em um lugar que não me deu o incentivo com isso. Seja por questões materiais ou de não acreditarem no meu potencial e acabei deixando de lado, mas com eles (filhos) eu posso fazer diferente"  

     

    Aos 5 anos, Kauan já era apaixonado pelo futebol
    Aos 5 anos, Kauan já era apaixonado pelo futebol | Foto: Arquivo Pessoal

    A prática entrou na família por duas situações. Além de ter inserido o filho nos esportes para que não ficasse ocioso, o pequeno também foi estimulado a fazer as atividades por questão de saúde.

    "Ele nasceu com um problema respiratório, então desde novo ia várias vezes para o hospital. Por isso a médica indicou que ele começasse alguma atividade que trabalhasse isso", relembrou. 


    Opinião de pediatras


     

    Pediatra Thayanne Louzada, diz que as atividades físicas podem iniciar de acordo com a faixa etária
    Pediatra Thayanne Louzada, diz que as atividades físicas podem iniciar de acordo com a faixa etária | Foto: Divulgação

    O acompanhamento profissional com um médico na área é essencial para uma prática saudável, já que mesmo por lazer, o corpo da criança precisa estar apto para receber o esporte.

    Para a pediatra, Thayanne Guimarães, as atividades físicas podem começar desde os primeiros meses de vida, no entanto, a prática do esporte, apenas depois dos 5 anos. 

      "A prática de esportes, como natação, futebol, dança, entre outros, pode ser iniciada respeitando o interesse da criança. A partir dos 6, a prática de esportes é aconselhada, com uma frequência de pelo menos 3 vezes na semana, por 60 minutos"  

     

    Klara decidiu praticra natação com incentivos da família
    Klara decidiu praticra natação com incentivos da família | Foto: Arquivo Pessoal

    Ainda de acordo com a pediatra, esportes que estimulam o fortalecimento dos músculos, ossos, assim como aumento da flexibilidade, tais como natação, vôlei, basquete, futebol, dança são ótimas opções. No entanto, é preciso avaliar antes se a criança tem condições de fazer o esporte, além de um acompanhamento constante para ver evolução da criança nos aspectos físico, emocional e social. 


    Aulas cuidadosas

     

    Professor treina alunos na escolinha
    Professor treina alunos na escolinha | Foto: Divulgação

    Tanto Kauan quanto sua irmã Klara, praticam os esportes na escolinha do Atlético Rio Negro Clube, localizado na sede do Rio Negro, na avenida Epaminondas, no Centro de Manaus. Klara já iniciou na natação, atividade que adora. Tímida, ela revelou que pretende seguir para grandes competições e que gosta bastante dos professores.

    Um deles, o coordenador Yan Duarte, informou que sempre deu preferência a ensinar crianças, justamente por ter sido um atleta na infância e apaixonado pela área.

    Ele conta que os pequenos tem muito a ensinar. "Decidi unir o útil ao agradável, tornando aquilo que gostava em minha profissão, elas estão aprendendo, tem vontade de melhorar, com isso aprendemos também", disse emocionado.

     

    Yan participando durante as aulas
    Yan participando durante as aulas | Foto: Reprodução

    Durante as aulas, principalmente com os mais novos, ele afirma que precisa ser mais atencioso e paciente, já que para eles tudo é novidade. Já com os mais velhos, todo o foco gira em torno da disciplina e do empenho como atletas, já que muitos se espelham em ícones profissionais.


    Escolinhas de esporte

    A Escola de Futsal Rio Negro tem o objetivo de unir crianças e jovens com o esporte, mas apenas de serem derivados de um time profissional, seu foco não é formar atletas e sim usar a prática para desenvolvimentos a longo prazo. 

      "É comum aparecerem pais procurando a escolinha para que o filho seja jogador profissional... As vezes crianças de 4, 5 anos... As vezes a criança ainda nem fala direito e o pai quer que o filho trabalhe duro pra ser jogador"  

     

    Escolinha busca levar valores aos seus atletas mirins
    Escolinha busca levar valores aos seus atletas mirins | Foto: Arquivo Pessoal

    Nem sempre isso acontece, o que claro não deve ser motivo de desapontamento na família e jamais impedir o incentivo e apoio.

    "O esporte transmite valores como respeito, disciplina e solidariedade", continua Yan, "Quanto mais cedo a criança for inserida no esporte, mais ela tende a se desenvolver e criar bons hábitos", concluiu.

    Leia mais

    “Esporte ao Alcance de Todos” oferece vagas gratuitas em Manaus

    “Mega Fight Champions”: Morramed Araújo promete show do MMA em Manaus

    Tirada de torneio por “parecer menino”, jogadora supera e vira craque