Fonte: OpenWeather

    Futebol


    Colômbia não é mais sede da Copa América 2021

    A competição está programada para começar no dia 13 de junho

     

    A Conmebol também informou que a realização da competição está garantida
    A Conmebol também informou que a realização da competição está garantida | Foto: Divulgação

    A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou na noite desta quinta-feira (20) que a Colômbia não sediará mais a próxima edição da Copa América em conjunto com a Argentina. A competição está programada para começar no dia 13 de junho.

    “Tendo em vista a solicitação formal do governo colombiano de reprogramar a Conmebol Copa América para o mês de novembro, a Conmebol informa o seguinte: Por razões relacionadas ao calendário internacional de competições e à logística do torneio, fica impossível transferir a Copa América 2021 para o mês de novembro; A Conmebol agradece o entusiasmo e o compromisso do Presidente da República da Colômbia, Iván Duque, e seus colaboradores, assim como do Presidente da Federação Colombiana de Futebol, Ramón Jesurún, e de sua equipe”, diz a nota da entidade máxima do futebol sul-americano.

    A Conmebol também informou que a realização da competição está garantida, e que “informará nos próximos dias a realocação dos jogos que deveriam ser disputados na Colômbia”.

    A decisão foi tomada horas após o ministro do Esporte da Colômbia afirmar que pediria o adiamento da competição até que o público pudesse entrar nos estádios.

    A Colômbia atravessa uma crise política, econômica e social, além de enfrentar a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

    Leia mais 

    Brasil estreia na Copa América 2021 contra a Venezuela

    Devido à pandemia, Fifa cancela mundiais sub-17 e sub-20 de 2021

    Além da Champions, SBT faz acordo para transmitir Liga Europa até 2024