Fonte: OpenWeather

    Palmeiras


    Lucas Lima é flagrado em balada clandestina e Palmeiras pune jogador

    O jogador, que não utilizava máscara, foi interceptado por membros de uma torcida organizada

     

    A presença do jogador na balada foi filmada e divulgada nas redes sociais
    A presença do jogador na balada foi filmada e divulgada nas redes sociais | Foto: Cesar Greco/Palmeiras

    Jogadores brasileiros entram em confusão quando o assunto é vida pessoal e momento de lazer. Baladas clandestinas, cassinos e festas estão proibidas neste momento em que a pandemia matou milhares de brasileiros.

    O meia Lucas Lima, do Palmeiras, foi visto saindo de uma festa na madrugada desta sexta-feira (18). O jogador, que não utilizava máscara, foi interceptado por membros de uma torcida organizada do time alviverde, que o xingaram e pediram a sua saída. 

      A presença do jogador na balada foi filmada e divulgada nas redes sociais. “Errei, errei. Perdão”, disse Lucas Lima em determinado momento da gravação. “Tá achando que é fácil, né?”, cobrou parte do grupo, enquanto o meia entrava em um carro para ir embora do local.  

    Nesta semana, em Assunção, no Paraguai, o jogador recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A imunização foi parte de uma ação envolvendo o elenco do Palmeiras e a Conmebol.

    Lucas Lima faz parte do elenco alviverde desde 2018 e conquistou o Campeonato Brasileiro daquele ano, além de um Campeonato Paulista, uma Copa do Brasil e uma Copa Libertadores – estes três na temporada 2020.

    Com 30 anos, o meia tem sido cada vez menos utilizado no Palmeiras. Ainda não jogou pelo Brasileirão e participou de apenas um jogo da Libertadores – justamente a derrota para o Defensa y Justicia, da Argentina, por 4 a 3, em São Paulo, quando o time já estava classificado às oitavas de final. Também participou dos dois duelos contra o CRB, que resultaram na eliminação na terceira fase da Copa do Brasil.

    Palmeiras pune

     

    | Foto: Reprodução

    O Palmeiras comunicou que afastará o meia. Na mensagem postada nas redes sociais, o clube afirma que Lucas permanecerá pelo clube o tempo que o Departamento de futebol do clube achar necessário.

      Ainda segundo a publicação, o clube tomará as medidas administrativas cabíveis, como fez nos casos de quebra dos protocolos de saúde.  

    Essa não é a primeira vez que um jogador do Verdão se envolve em polêmicas por conta de quebra dos protocolos de prevenção contra a covid-19. Em abril, o atacante Luiz Adriano acabou se envolvendo em um acidente de trânsito ao levar a mãe ao mercado. O jogador, no entanto, estava diagnosticado com a doença e deveria se manter em isolamento.

    No último final de semana, dois funcionários do clube alviverde morreram por covid-19: o podólogo Edson Silva e o segurança Cristiano de Oliveira.

    Leia mais:

    Jogador Gabigol e MC Gui são flagrados em cassino clandestino

    Fama no esporte e crimes. Até quando há margens para inconsequências?