Fonte: OpenWeather

    Futebol feminino


    JC Clube Feminino: jogadoras de Itacoatiara elevam futebol do AM

    O time que se profissionalizou em 2020 já almeja fazer parte da elite do futebol nacional e busca classificação para o A2 Brasileiro

     

    O time de jogadoras demonstra o melhor do esporte do Amazonas
    O time de jogadoras demonstra o melhor do esporte do Amazonas | Foto: João Vitor Normando

    O futebol feminino no Brasil é um dos mais vitoriosos, colecionadores de troféus e inspira outras mulheres para seguirem carreira no esporte predominantemente dominado por homens. No Amazonas, o talento de mulheres dentro das quatro linhas não ficam para trás. Além da capital, o interior do estado revela times que podem levar o Amazonas para as principais divisões nacionais. 

    A equipe feminina do JC Futebol Clube, o “Tigre Negro” de Itacoatiara, é uma das novas equipes que ganha os campos do Brasil e cai no gosto da torcida. Participando do A3, a terceira divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, o time que se profissionalizou em 2020 e já sonha em fazer parte da elite do futebol nacional. 

     

    O JCFC ganhou a taça do Campeonato Amazonense de Futebol Feminino de 2020
    O JCFC ganhou a taça do Campeonato Amazonense de Futebol Feminino de 2020 | Foto: João Vitor Normando

      A história profissional do time começou no Campeonato Amazonense de Futebol Feminino de 2020, quando a equipe foi campeã com o time local de Itacoatiara e duas jogadoras de Manaus. O técnico do time, Fernando Lage, revela que o resultado foi melhor do que o esperado, e veio como um incentivo para investir no profissionalismo do time. A partir disto, começaram a fazer a seleção das jogadoras para atuarem no time.  

    "Após isso fizemos uma escolha do time campeão e selecionamos uma base. Corremos atrás de reforços que nos garantissem experiência e qualidade para somar ao grupo existente”, revelou durante entrevista. 


     

    A meia armação do time, Marta, acredita que a vitória no Campeonato Amazonense de Futebol Feminino elevou a categoria do JCFC
    A meia armação do time, Marta, acredita que a vitória no Campeonato Amazonense de Futebol Feminino elevou a categoria do JCFC | Foto: Marcos Mendonça


    Jogadora do time, Marta Menezes, de 22 anos, que atua na posição de meia armação, revela que a vitória elevou a categoria do time e alavancou a possibilidade de oportunidades para jogadoras da equipe. Apesar da cobrança maior, a prioridade é levar o time para os campos nacionais.

    "

    Isso veio a dar início em uma fase muito importante para muitas meninas, abrindo um leque de oportunidades, e com certeza a cobrança dobrou, pois, agora à nível nacional a equipe precisa estar muito mais preparada. As responsabilidades agora são de extrema importância para dar continuidade na campanha do clube. "

    Marta Menezes, Jogadora do JC FC

     

    Treinos em busca da série A2

     

    O time tem dificuldades de encontrar lugares alternativos para treinos
    O time tem dificuldades de encontrar lugares alternativos para treinos | Foto: Divulgação

    Com a rotina intensa de treinos semanais - duas vezes por dia, durante três dias da semana e uma vez ao dia, durante dois dias - a equipe de Itacoatiara já está de olho na classificação para o A2, a segunda divisão nacional. 

    Enfrentando dificuldades por conta da restrição de uso do Estádio Municipal de Itacoatiara de apenas 1h30 por semana, o time busca lugares alternativos para cumprir a escala de treinos. 

    “As principais dificuldades em termos de time é efetivamente marcar local para treinar e cumprimos com nossa programação de treinamento”, revela o técnico do time. 

     

    O JCFC esteve em Teresina para enfrentar o Tiradentes
    O JCFC esteve em Teresina para enfrentar o Tiradentes | Foto: Divulgação

    “A classificação para a próxima fase nos garante em 2022, na Série A2. Então, esse é nosso principal objetivo, e se conseguirmos vamos reunir comissão e diretoria, e analisar o que pode ser feito e estipular novos objetivos”. 

    O futebol feminino de Itacoatiara

     

    As meninas surpreendem dentro de campo
    As meninas surpreendem dentro de campo | Foto: Divulgação

    Os resultados surpreendem profissionais da área. Ainda mais, que o futebol feminino não possui a mesma visibilidade em comparação ao masculino. As chances diminuem por conta do time ser do interior do Amazonas. A possibilidade de não ser reconhecido existe.  

    No entanto, a jogadora Marta opina que o esporte é algo livre e que independente de gênero. Ela afirma que a sociedade deve aceitar os desejos das mulheres.

    “Independente de gênero, é importante estar aberto a entender e aprender que a mulher faz parte de tudo isso. O futebol feminino vem crescendo e sendo cada vez mais destaque no mundo, e isso deve ser valorizado da melhor maneira possível”, comentou. 

    Resultado maior disso é a honrosa marca de ter sido um time amador que acabou levando a taça do Campeonato Amazonense de Futebol Feminino 2020 para casa.

    "

    É uma grande marca, um time totalmente amador e amazonense, ser campeão logo na sua primeira participação da competição estadual, nos dando o direito de hoje estarmos no Brasileirão série A2. "

    Fernando Lage, Técnico do JC FC

     

    A jogadora avalia que a qualidade do time se deve ao esforço e dedicação feito por toda a equipe durante o campeonato. O foco é melhorar os treinos e levar o nome do time para além das fronteiras do estado do Amazonas.

    “O time vem ganhando qualidade a cada semana, isso tudo vem sendo planejado com muita paciência pelo nosso técnico, que vem fazendo um excelente trabalho no decorrer do campeonato. Agora é focar na classificação e melhorar ainda mais o ritmo nos treinos, visando aí jogos ainda mais importantes”, enfatizou. 

     

    O técnico do JC Futebol Clube está empenhado e feliz com a confiança que vem recebendo, e acredita que o time está no caminho certo
    O técnico do JC Futebol Clube está empenhado e feliz com a confiança que vem recebendo, e acredita que o time está no caminho certo | Foto: Divulgação

    O técnico do JC Futebol Clube está empenhado e feliz com a confiança que vem recebendo, e acredita que a chave para o sucesso, é isso: união, responsabilidade e evolução, sempre em busca de honrar o Tigre Negro de Itacoatiara. 

    Ajuda para equipe

    A equipe publicou nas redes sociais o pedido de apoio dos empresários no intuito de ajudar o clube que participa da importante competição que tem visibilidade nacional. Os contatos para ajudar o clube são: (92) 99140-8853 Giselle, (92) 99255-0770 João Carlos Presidentes do Clube.

    Leia mais: 

    Esporte do AM recebe apoio de R$ 7 milhões com Auxílio Estadual

    Campeonato Brasileiro Feminino terá terceira divisão em 2022

    Feminino A2: Iranduba da Amazônia estreia com goleada