Fonte: OpenWeather

    Imprudência


    Mais um jogador do Palmeiras é flagrado em festa clandestina e punido

    O Palmeiras foi obrigado a multar e afastar o jogador por mau exemplo

     

    Na semana passada, em Assunção, no Paraguai, os jogadores do clube receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19
    Na semana passada, em Assunção, no Paraguai, os jogadores do clube receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 | Foto: Cesar Greco/Palmeiras

    Mais um jogador do Palmeiras foi flagrado em balada clandestina. Após Lucas Lima, Patrick de Paula foi interceptado nesta segunda-feira (21) por membros de uma torcida organizada do time alviverde na saída de um local no Tatuapé, na zona leste de São Paulo.

    Tudo foi filmado e divulgado nas redes sociais. Diferentemente de Lucas Limas, o volante estava de máscara quando foi cercado pelos torcedores. Patrick de Paula conseguiu deixar o local com ajuda de seguranças.

    “Você joga no Palmeiras, está de palhaçada?”, afirmou um dos torcedores. Apenas alguns no grupo estavam com máscaras.

      O jogador não respondeu ao grupo em nenhum momento. Ele inclusive tentou esconder o rosto para não ser identificado no vídeo, mas, um dos integrantes da torcida organizada, puxou o capuz da blusa do volante.  

    Na semana passada, em Assunção, no Paraguai, os jogadores do clube receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. A imunização foi realizada com doses recebidas pela Conmebol.

    Palmeiras multa e afasta Patrick de Paula

    O Palmeiras foi obrigado a multar e afastar o jogador por  mau exemplo. Após o meia Lucas Lima ser afastado por saída clandestina, o jovem volante Patrick de Paula também receberá as mesmas punições pelo mesmo desvio de conduta.

    Após a divulgação dos vídeos nesta segunda, o clube usou as redes sociais para anunciar o afastamento do atleta. O clube classificou o episódio como “falta de empatia e responsabilidade”.

     

    | Foto: Reprodução

    Lucas Lima e Patrick de Paula estão afastados por tempo indeterminado no clube. Sem a dupla, o Palmeiras entra em campo na quarta-feira (23) para enfrentar o Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro.

    Aglomerações do tipo são proibidas no Estado de São Paulo durante a pandemia do novo coronavírus. 

    Leia mais:

    Gabigol paga R$ 110 mil em acordo após ser flagrado em cassino 

    Fama no esporte e crimes. Até quando há margens para inconsequências?