Fonte: OpenWeather

    Copa América


    Chile e Uruguai empatam em 1 a 1 pela Copa América

    Eduardo Vargas abre o placar e Luis Suárez empata

     

    Com o resultado, o Chile lidera a chave com cinco pontos
    Com o resultado, o Chile lidera a chave com cinco pontos | Foto: Reuters/ Rodolfo Buhrer

    Após se enfrentarem nesta segunda-feira (21), Chile e Paraguai empataram em 1 a 1, na Arena Pantanal, em Cuiabá, na partida que abriu a 3ª rodada do Grupo A da Copa América. Eduardo Vargas abriu o placar, mas Luis Suárez garantiu a igualdade dos uruguaios.

    Com o resultado, o Chile lidera a chave com cinco pontos. Agora, a La Roja torce por um revés da Argentina, que, com quatro pontos, enfrenta o Paraguai a partir das 21h (horário de Brasília). Já a Celeste é a 4ª colocada com um ponto em dois jogos.

      Ainda em busca dos primeiros pontos no torneio, o Uruguai começou a partida no campo de ataque. Aos oito, De La Cruz lançou para Arrascaeta, que ajeitou para o meio e achou Cavani de frente para Cláudio Bravo. O atacante do Manchester United concluiu de muito perto e obrigou o goleiro do Betis a fazer uma belíssima defesa.  


    No minuto seguinte, Arrascaeta pegou uma sobra de Suárez e chutou forte de direita para mais uma defesa de Bravo. Aos 26, veio o gol da La Roja. Eduardo Vargas tabelou com Brereton e entrou livre na área pelo lado direito. O atleta do Atlético-MG chutou cruzado para superar Muslera. Esse foi o 14º gol de Vargas em edições de Copa América. Assim ele ficou a apenas três dos maiores artilheiros do torneio, o argentino Norberto Mendéz e o brasileiro Zizinho.

      Aos vinte minutos do segundo tempo, Suárez foi decisivo. Após cobrança de escanteio de Facundo Torres, Vecino desviou e o camisa 9 do Uruguai dividiu com Vidal para mandar para o fundo do gol.  


    Aos 33, o Chile perdeu uma grande chance. Mena cruzou da esquerda, Meneses desviou e a bola sobrou para Arriagada. Na frente do gol, o atacante desviou com um tapinha no canto esquerdo, mas a bola passou raspando. Aos 39, foi a vez de o Uruguai chegar muito perto de balançar as redes. O lateral Viña colocou a bola com perfeição na cabeça de Cavani. O atacante se antecipou e finalizou muito perto do gol de Bravo.

    Os dois times voltam a jogar pela competição na próxima quinta-feira (24). Uruguai e Bolívia medem forças, a partir das 18h (horário de Brasília) na Arena Pantanal, e Chile e Paraguai se enfrentam, às 21h, no estádio Mané Garrincha.


    *Com informações da Agência Brasil 

    Leia Mais

    Copa América contabiliza 140 casos de Covid-19, diz Conmebol

    Após goleada, Brasil segue 100% na Copa América

    Neymar não é convocado para seleção olímpica, mas Dani Alves entra