Fonte: OpenWeather

    Nota de repúdio


    Vasco emite nota de repúdio por drone com ameaças contra jogadores

    O Vasco ainda classificou o episódio como "inadmissível"

     

    O Cruz-Maltino ainda reafirmou o compromisso "em tomar todas as medidas necessárias para proteger seus atletas e colaboradores"
    O Cruz-Maltino ainda reafirmou o compromisso "em tomar todas as medidas necessárias para proteger seus atletas e colaboradores" | Foto: Reprodução

    O Vasco venceu por 3 a 0 a equipe do CRB pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado o Gigante da Colina chegou aos 7 pontos e ocupa a 5ª posição. Mesmo com o resultado, a torcida ameaça jogadores. 

    Na tarde desta terça-feira (22), o Vasco emitiu uma nota oficial em que repudia "veementemente" o episódio com o drone que sobrevoou São Januário, no último sábado (19). O veículo aéreo não tripulado carregava uma bandeira, que continha a frase "O Vasco vale mais que suas vidas. Joguem por elas".

      O Vasco ainda classificou o episódio como "inadmissível" e destacou que ele foi registrado na súmula da partida. O Cruz-Maltino ainda reafirmou o compromisso "em tomar todas as medidas necessárias para proteger seus atletas e colaboradores".  

    Veja a nota na íntegra:

    O Club de Regatas Vasco da Gama repudia veementemente qualquer tipo de violência, intimidação ou ameaça, como a ocorrida no último sábado, 19/06, durante a vitória do Vasco por 3 a 0 sobre o CRB, quando um drone invadiu o Estádio de São Januário carregando uma mensagem que afronta um dos maiores orgulhos dos Vascaínos: a defesa intransigente dos nossos valores, dos nossos atletas e de todos aqueles que, com empenho, orgulho e dedicação, representam e defendem as cores de nosso Clube.

    Cobranças e críticas são naturais no futebol e em qualquer democracia e sempre serão aceitas e ouvidas atentamente pelo Clube, desde que mantidas dentro dos limites da civilidade e da legislação. O inadmissível incidente foi, inclusive, registrado na súmula da partida como tendo partido de fora do estádio. Informamos que as autoridades competentes seguem apurando o trajeto feito pelo drone assim como os responsáveis pelo ato. O Vasco reafirma seu compromisso em tomar todas as medidas necessárias para proteger seus atletas e colaboradores contra qualquer ato que possa, de qualquer forma, colocar em risco sua integridade física, psíquica ou seu bem-estar.

    Logo após o duelo ocorrido, na Colina Histórica, o técnico Marcelo Cabo concedeu entrevista coletiva e dedicou a vitória a todos os torcedores vascaínos espalhados pelo mundo.

    "Queria dedicar essa vitória aos torcedores. Eles estavam sedentos por essa vitória em casa. Demorou, mas veio do tamanho do Vasco da Gama. Tivemos um início com dois resultados adversos em casa, mas soubemos preparar uma equipe hoje que tivesse essa vitória elástica e consistente. Se o Vasco mantiver essa média de seis pontos a cada três jogos, vai ser bom. É a tônica da competição. Essa vitória traz confiança ao grupo. Precisamos ter tranquilidade. Quando a gente perde como quarta, não está tudo errado. Assim como não está tudo certo hoje. Recalculamos a rota. Eu como comandante preciso tomar decisões. A mudança hoje não foi só de peças, foi de atitude. Que agora a gente possa emplacar uma série de vitórias", finalizou Marcelo Cabo.

    Leia mais:

    Vasco avança nas oitavas de final da Copa do Brasil 

    Vasco joga contra Avaí pela Série B do Brasileirão