Fonte: OpenWeather

    Campeão olímpico


    Ítalo se emociona com ouro:"Queria que minha avó estivesse viva"; veja

    O surfista dedicou a vitória para a avó, Dona Mariquinha, que morreu há dois anos atrás e era a grande incentivadora do atleta

     

    O campeão olímpico não conseguiu conter a emoção
    O campeão olímpico não conseguiu conter a emoção | Foto: Reprodução/TV GLOBO

    O primeiro medalhista de ouro das Olimpíadas do Brasil, Ítalo Ferreira, está extasiado com a vitória nas ondas de Tsurigasaki, no litoral do Japão. O surfista não conteve a emoção ao dar a primeira entrevista logo após o grande feito e dedicou a avó, Dona Mariquinha, que morreu há dois anos.

    O repórter Guilherme Pereira, da TV Globo, também não segurou as lágrimas quando entrevistou o medalhista. Com a voz embargada, o correspondente perguntou: "Como que está a Baía Formosa agora?". 

    Neste momento, Ítalo, aos prantos, citou a avó falando o quanto queria que ela estivesse viva para presenciar o momento histórico. O medalhista ainda dedicou a vitória aos pais e disse que estava realizando um grande sonho e que agora seu nome estava escrito na história do surfe.

    "

    Eu queria que minha avó estivesse viva para ela ver isso. Para ver o que eu me tornei, o que eu consegui fazer pelos meus pais, por aqueles que estão ao meu redor. Não sei, não tenho palavras, só tenho a agradecer, realmente. É algo que eu almejei bastante, que eu sonhei. Tá lá do lado da minha cama essa frase que eu falei no início ("Diz amém que o ouro vem"). Todo dia eu orei às 3h da manhã, pedi a Deus que ele realizasse meu sonho. E taí, meu nome está escrito na história do surfe. "

    Italo Ferreira, Campeão olímpico

     

    Veja o vídeo: 

    Dona Mariquinha morreu em 2019, bem na época que ele foi campeão mundial de surfe. Em entrevistas na época, ele contou que a avó  tinha uma frase elaborada para tudo de bom que ele fazia: "Você fez bonito, meu filho'", diria a matriarca.

     

    A Dona Mariquinha era a grande incentivadora do surfista
    A Dona Mariquinha era a grande incentivadora do surfista | Foto: Reprodução

      Ele ainda revela que sempre que vencia algum campeonato, era para ela a quem se referia feliz para mostrar o sucesso. Ela tinha uma personalidade fechada, mas não resistia à felicidade do neto e retribuía com um abraço, um sorriso e a sua frase de sempre.  

    Na terra natal de Ítalo, Baía Formosa, uma carreata circulou pelas ruas desde a conquista do ouro. A cidade, tem pouco menos de 10 mil habitantes, e está animada pela vitória do filho da terra.

     

    Ele conquistou a primeira medalha de ouro da história do surfe em Jogos Olímpicos
    Ele conquistou a primeira medalha de ouro da história do surfe em Jogos Olímpicos | Foto: Jonne Roriz/COB

    Ítalo fez história. Ele conquistou a primeira medalha de ouro da história do surfe em Jogos Olímpicos. Na final, ele enfrentou o japonês Kanoa Igarashi e teve um resultado superior ao do adversário. No somatório final, 15,14 contra 6,60 do rival. 

    Leia mais: 

    Ítalo Ferreira avança e garante, ao menos, um bronze para o Brasil

    Atletas brasileiros são indicados a 'Oscar do esporte'

    Gabriel Medina brilha e alcança semifinal do surfe da Olimpíada