Fonte: OpenWeather

    Em busca do sonho


    Sonho de ser goleiro leva manauara de 15 anos para o Rio de Janeiro

    Promessa do esporte do Amazonas, o jovem e a mãe partiram em uma jornada pela realização de um sonho no Rio de Janeiro

     

    O adolescente de 15 anos foi atrás de seu maior sonho
    O adolescente de 15 anos foi atrás de seu maior sonho | Foto: Arquivo pessoal

    Manaus (AM)- A busca por um sonho envolve dificuldades, lutas e até mesmo mudanças, ainda mais quando o sonhador tem dom e talento para seguir pelo caminho. Essa é a realidade de muitos jovens que sonham em se tornarem jogadores de futebol. 

    Em busca de realizar o sonho de se tornar goleiro profissional, o manauara Cristiano Silva, de 15 anos, mudou em junho deste ano para o Rio de Janeiro. Ele foi para a cidade carioca após ter a oportunidade de participar de uma seletiva e desde então, se dedica todos os dias para a realização pessoal. 

    Cristiano se apaixonou pelo mundo do futebol quando tinha apenas seis anos, e ainda era morador do Bela Vista, no Puraquequara, na zona Leste de Manaus. Em um campo próximo a sua casa, ele se dedicou e aprimorou o seu dom, tendo a oportunidade de ter seu talento reconhecido. 

    A mãe do talentoso goleiro, Cristiane Correia, acreditou no sonho do filho desde do início e acompanhou o filho na mudança para o Rio de Janeiro. 

      No dia 20 de junho, ele participou de uma seletiva pelo Ceres Futebol Clube, da terceira divisão do Rio de Janeiro. Cristiano não passou na seletiva e não foi contratado pelo time carioca. Porém, isso não impediu de continuar na carreira. Ele entende que um "não" pode ser tornar um "sim" em outra oportunidade.  

    Mesmo com o resultado negativo, Cristiane busca outro time para o filho. Ela conta que, inclusive, já tem propostas e que as coisas estão caminhando para resultados positivos. 

    Em busca do sonho no Rio 

     

    A mãe de Cristiano já está em busca de um time para o filho
    A mãe de Cristiano já está em busca de um time para o filho | Foto: Arquivo pessoal


    A mudança da mãe e filho para o Rio de Janeiro teve uma difícil adaptação no começo. A saudade de casa e, principalmente, das outras filhas - de 11 e 13 anos - que tiveram que ficar em Manaus com a avó, foram o principal motivo da dificuldade. Porém, agora, as coisas estão começando a ficar mais fáceis. 

    "Logo no começo tivemos dificuldades com as coisas, principalmente por conta das saudades das meninas. Agora tudo está melhorando e estamos nos adaptando",  conta a mãe do goleiro. 

    Apesar da saudade de casa, a ideia da família é continuar morando no Rio de Janeiro e persistir no sonho de goleiro profissional. Cristiane conta que só quer voltar em Manaus para buscar as outras filhas. 

    "

    No momento não estamos com planos de voltar morar em Manaus. A ideia é morar aqui e perseguir o sonho do Cristiano, e voltar em Manaus só para pegar as meninas. "

    Cristiane Correia, Mãe do Cristiano

     

     

    Mãe e filho já aproveitam os pontos turísticos de seu novo lar
    Mãe e filho já aproveitam os pontos turísticos de seu novo lar | Foto: Arquivo pessoal

    Começando a construir "do zero" uma nova vida, a mãe do jovem talento já está empregada e os dois estão morando na casa de uma amiga de Cristiane, no bairro Praça Seca, na zona Oeste do Rio.

    Cristiano logo vai começar a estudar na capital carioca, já que a mãe conseguiu a transferência de Manaus para a cidade e ele já treina intensivamente em um campo próximo da nova casa dos dois. 

    Grande oportunidade

     

    O adolescente de 15 anos foi atrás de seu maior sonho
    O adolescente de 15 anos foi atrás de seu maior sonho | Foto: Arquivo pessoal


    O goleiro descreve a nova experiência que está vivendo como uma grande oportunidade. Ele conta que às vezes, não acredita que está vivendo a realização de um sonho. 

    "

    Eu quase nem acredito que Deus está me dando essa grande oportunidade. Estou muito feliz. "

    Cristiano Silva, Goleiro

     

    Com a mudança de vida, o garoto ver o sonho de jogar pela Seleção Brasileira e pelo Juventus ou Real Madrid, cada vez mais próximo, já que ele está em uma cidade que pode tem diversas oportunidades no mundo do esporte. 

    Para o talentoso goleiro, a experiência o permite conhecer e ter o contato mais direto com pessoas que o ajude na tentativa para ir para o profissional. 

    Leia mais: 

    Jogador de 17 anos do AM fecha contrato com o Flamengo e realiza sonho

    Com legislativo inerte, amazonenses não alcançam Olimpíadas

    Rayssa Leal é inspiração para meninas skatistas do Amazonas