Fonte: OpenWeather

    Paralimpíadas


    Seleção masculina de Goalball bate Lituânia e encara China na final

    O confronto será nesta sexta-feira (3), às 7h30 (horário de Brasília), no Centro de Convenções Makuhari Messe, na cidade Chiba

     

    A seleção enfrentará a China na final valendo a medalha de ouro
    A seleção enfrentará a China na final valendo a medalha de ouro | Foto: Takuma Matsushita- CPB

    A seleção brasileira assegurou presença na final masculina do goalball masculino na Paralímpiada de Tóquio (Japão) e vai em busca da medalha inédita. 

    Atual bicampeão mundial (2014 e 2018), o Brasil derrotou na semifinal a Lituânia, atual campeã paralímpica, por 9 a 5, na manhã desta quinta-feira (2).

    A seleção enfrentará a China na final valendo a medalha de ouro. O confronto será nesta sexta-feira (3), às 7h30 (horário de Brasília), no Centro de Convenções Makuhari Messe, na cidade Chiba. Os chineses conquistaram vaga após bater os Estados Unidos por 8 a 1.

      No currículo da seleção ainda falta o ouro paralímpico. Entretanto, o Brasil já subiu ao pódio em duas oportunidades na história do Jogos: foi prata em Londres 2012 e o bronze na Rio 2016.  

    Brasil e Lituânia já haviam se enfrentado na Tóquio 2020. Na primeira fase, a seleção goleou os lituanos lituanos por 11 a 2 na estreia da competição.

    Jogo

    Logo no início do jogo, a Lituânia abriu o placar, entretanto o Brasil reagiu e virou para 2 a 1. Os lituanos chegaram a deixar tudo igual (2 a 2) ainda no primeiro tempo, mas os brasileiros foram para o intervalo com a vantagem de 3 a 2.

      Na segunda etapa, a seleção voltou com a mira afiada e conseguiu uma diferença de cinco gols (7 a 2). Com vantagem considerável, o Brasil controlou o jogo e venceu por 9 a 5


    Os brasileiros marcaram com Parazinho (seis gols), Leomon Moreno (dois gols) e Romário Marques fez um. Já Pavliukianec, fez dois, e Zibolis, Pazarauskas e Jonikaitis fizeram os gols lituanos.

    Campanha em Tóquio 2020

    Na fase de grupos, a seleção brasileira obteve três vitórias e uma derrota. Além do êxito contra a Lituânia, os brasileiros venceram a Argélia por 10 a 4 e o anfitrião Japão por 8 a 3. Já o revés foi no duelo com os Estados Unidos, atuais vice-campeões paralímpicos, partida em que os norte-americanos venceram por 8 a 6.

    Nas quartas de final, os atuais bicampeões mundiais derrotaram a Turquia por 9 a 4 demonstrando superioridade e seguiram vivos na luta por medalha.

    Leia mais:

    Natação paraolímpica garante mais medalhas para o Brasil 

    Seleção feminina duela contra os EUA nas semifinais