Fonte: OpenWeather

    Paralimpíadas


    Vôlei brasileiro feminino leva bronze na Paralimpíada de Tóquio

    As brasileiras repetiram o feito da Rio 2016

     

    As brasileiras saíram na frente, vencendo o primeiro set por 25 a 15
    As brasileiras saíram na frente, vencendo o primeiro set por 25 a 15 | Foto: Issei Kato

    A seleção brasileira feminina de vôlei sentado venceu neste sábado (4) o Canadá por 3 sets a 1 e conquistou medalha de bronze na Paralimpíada de Tóquio. O confronto aconteceu no Centro de Convenções Makuhari Messe, na cidade de Chiba.

    As brasileiras saíram na frente, vencendo o primeiro set por 25 a 15. As canadenses reagiram, e fecharam o segundo set por 26 a 24. Na sequência, só deu Brasil, que obteve êxito no terceiro set, por 16 a 24, e no quarto, por 25 a 14.

      O bronze em Tóquio foi o segundo pódio na história da seleção brasileira. Na Rio 2016, ela conquistou a primeira medalha na modalidade ao faturar o bronze.  

    Já a seleção masculina ficou fora do pódio após perder a disputa pelo bronze para a Bósnia Herzegovina por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/19, 25/18 e 25/11. Os brasileiros nunca conquistaram medalha na história dos Jogos. Nesta atual edição do evento, repetiram o mesmo feito da Rio 2016, terminando na quarta colocação.

    Quem levou o ouro foi o Irã, que venceu o Comitê Paralímpico Russo por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/14, 19/25 e 25/17.

    Campanha das brasileiras

    A seleção brasileira iniciou a trajetória na Paralimpíada de Tóquio 2020 em um jogo bastante equilibrado, mas saiu com vitória por 3 sets a 2 contra o Canadá. Em seguida, venceu, com segurança, o anfitrião Japão por 3 sets a 0 e derrotou a Itália por 3 sets a 1, terminando a fase de grupos com 100% de aproveitamento.

      Nas semifinais, o Brasil acabou tropeçando contra os Estados Unidos por 3 sets a 0, e, consequentemente, disputando a medalha de bronze na competição.  

    Final

    A Final do vôlei sentado feminino vai acontecer neste sábado (4), ás 22h (horário de Brasília). O medalhista de ouro vai sair do confronto entre Estados Unidos e China. O confronto acontecerá no Centro de Convenções Makuhari Messe, na cidade de Chiba.


    *Com informações da Agência Brasil

    Leia Mais

    Criança invade o campo, abraça Messi e torcida aplaude; veja vídeo

    Goalball: Seleção masculina vence China e conquista ouro inédito

    João Victor e Silvana Fernandes conquistam bronze em Tóquio