Fonte: OpenWeather

    Eliminatórias Copa do Catar


    Thiago Silva diz esperar partida difícil contra Uruguai na quinta (14)

    O zagueiro afirmou que o Brasil segue um bom caminho sob o comando do técnico Tite

     

    Na entrevista, Thiago Silva também comentou o momento da seleção
    Na entrevista, Thiago Silva também comentou o momento da seleção | Foto: Lucas Figueiredo - CBF

    O zagueiro Thiago Silva afirmou em entrevista que espera uma partida muito difícil contra o Uruguai pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 (Catar).

    A partida acontece a partir das 21h30 (horário de Brasília) da próxima quinta-feira (14) na Arena da Amazônia, em Manaus.

    “É uma partida diferente de todas as outras pela rivalidade”, disse o experiente defensor. 

    "

    Sabemos das dificuldades desse jogo. Sabemos que contra o Uruguai não tem jogo fácil. Tem que ter muita força mental pela questão extracampo, provocação. Temos uma grande comissão técnica, que nos prepara para essas situações. Temos tido resultados positivos contra essa seleção "

    Thiago Silva, zagueiro

     

    Na entrevista, Thiago Silva também comentou o momento da seleção, que vem de uma longa sequência invicta (apenas na atual edição das Eliminatórias são 9 vitórias e 1 empate em 10 partidas), mas apresentando um futebol que não encanta a torcida. 

    “Estamos vindo de dois jogos nos quais não tivemos uma atuação excelente. Mas, principalmente no segundo jogo, foi um bom rendimento. Acredito que o calor em Barranquilla [local do jogo contra a Colômbia que terminou em empate em 0 a 0] prejudicou o espetáculo. Os jogadores da Colômbia também jogam na Europa. São duas equipes que gostam de jogar bom futebol, mas não aconteceram muitos lances nesse sentido, em função do calor”.

    Assim, o zagueiro afirmou que o Brasil segue um bom caminho sob o comando do técnico Tite, especialmente quando se pensa na próxima Copa do Mundo, que acontece em 2022 no Catar.

    "Embora não tenhamos jogado super bem, estamos no caminho das vitórias. Os tropeços nos dão força. Eles fazem om que criemos uma casca mais forte. Estamos passando por essas etapas, e vamos chegar firmes e fortes ao Catar”.

    Leia mais:

    Brasil empata com a Colômbia nas Eliminatórias 

    Iluminação na Arena da Amazônia é testada para jogo do Brasil 

    Em Manaus, alunos da rede estadual assistem treino da Seleção