Fonte: OpenWeather

    Aos prantos


    Manauara chora no Hemoam por não ganhar ingresso para jogo do Brasil

    O torcedor relatou que perdeu uma entrevista de emprego e ficou aos prantos por não conseguir o ingresso

     

    Manauara foi aos prantos e apelou até ao governador do Amazonas, por não ter conseguido um ingresso
    Manauara foi aos prantos e apelou até ao governador do Amazonas, por não ter conseguido um ingresso | Foto: Amazonas Atual

    Manaus – “Senhor governador, olhe por nós”. Com essas palavras e, visivelmente, arrasado, o autônomo Júnior Santos, de 24 anos, apelou para o governador do Amazonas, Wilson Lima ajudar, quando descobriu que não conseguiria um ingresso, na Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), para assistir ao jogo Brasil contra Uruguai, que ocorre na Arena da Amazônia, na noite desta quinta – feira (14).

    Tudo começou quando o governador fez uma publicação nas redes sociais, na noite de quarta-feira (13), avisando que as primeiras 300 pessoas que fossem doar sangue ganhariam um ingresso para a partida. Muitos manauaras amanheceram na porta da Fundação e reclamaram quando os ingressos acabaram, devido ao tamanho da fila que se formou com candidatos à doação para ganhar o ingresso. 

    “Eu perdi uma entrevista de emprego só para estar aqui! Quando cheguei não tinha mais ingresso”, disse aos prantos, ao ser entrevistado pelo site Amazonas Atual, que produziu o vídeo abaixo.

    Desespero

    Ao ser entrevistado pelo site, Júnior fez um apelo, emocionado, ao governador Wilson Lima.

    “Eu quero reivindicar ao senhor governador do Estado, Wilson Lima, para liberar mais ingresso para o povo. Porque o povo fica se matando no sol, perde entrevista de emprego, perde os compromissos para estar aqui, quando chega, não tem ninguém. Senhor governador, olhe por nós, por favor. Meu sonho era estar na Arena, vendo aqueles jogadores que sempre  vejo pela televisão", disse aos prantos.

    E o emprego?

    Ao ser questionado pela repórter do site sobre a entrevista que teria perdido para estar na fila de doação de sangue do Hemoam, na tentativa de conseguir um ingresso, o autônomo disse que seria em um escritório. “Uma entrevista em um escritório financeiro. Eu cheguei às 8h e pouco. Aí o pessoal disse que não tinha mais ingresso”.

    Acompanhe vídeo de apelo do manauara: 

    Capa do Vídeo
    Choro e ranger de dentes do manauara, Júnior Santos, em entrevista ao Amazonas Atual. | Autor: Divulgação
     

    Leia mais: 

    Amazonenses "dão o sangue" para assistir jogo da Seleção Brasileira

    Seleção realiza último treino antes do jogo contra o Uruguai

    Saiba onde comprar ingresso para assistir jogo do Manaus FC na Arena