Fonte: OpenWeather

    Futebol amazonense


    Torcedores do Manaus FC voltam aos estádios e incentivam time

    Partida contra o Ypiranga (RS) foi válida pela série C do Campeonato Brasileiro

     

    O jogo pela fase decisiva da Série C marcou o retorno da torcida do Gavião aos estádios
    O jogo pela fase decisiva da Série C marcou o retorno da torcida do Gavião aos estádios | Foto: Bruno Zanardo/Secom

    MANAUS (AM) - Viver a emoção de ver de perto o time do coração jogando em casa foi o programa de domingo de 12.897 torcedores apaixonados pelo Manaus Futebol Clube. O time jogou contra o Ypiranga (RS), em partida válida pela série C do Campeonato Brasileiro.

    E para entrar na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, nesta tarde (17), uma das principais exigências era apresentar a carteira de vacinação comprovando a aplicação das duas doses ou dose única da vacina contra a Covid-19. 

    "É o nosso novo normal. Graças à vacinação, graças à ciência a gente pode acompanhar o nosso clube tão amado de perto. Agradecer aos cientistas e ao SUS por esse momento tão importante de voltar a acompanhar nosso clube. É imprescindível a importância da vacina. Vacinem-se, é muito importante não só para os torcedores como para a população em geral", observou Derick Rodrigues, torcedor do Manaus. 

    O jogo pela fase decisiva da Série C marcou o retorno da torcida do Gavião aos estádios. Para muitos, foi a oportunidade de ir à Arena da Amazônia pela primeira vez. 

    "Para mim é gratificante vir conhecer a Arena e torcer pelo Manaus. Pediram o cartão de vacina e para estar com a máscara, foi bem seguro", disse a torcedora Jackeline Miranda, ao detalhar o momento da entrada no estádio. 

    Os protocolos 

    Os mesmos adotados na partida entre Brasil e Uruguai realizada na quinta-feira (14/10) - foram definidos em reunião com a participação de órgãos estaduais da vigilância em saúde, esporte e segurança pública, pastas da Prefeitura de Manaus e integrantes do Manaus FC, organizador do evento. 

    Além da vacinação em dia, o uso da máscara era obrigatório, assim como a apresentação de teste antígeno ou RT-PCR negativo para Covid-19, para quem tomou a segunda dose num intervalo menor que 15 dias da data do jogo, ou seja, depois do dia 1° de outubro. 

    "O Governo do Amazonas acredita que a imunização, os protocolos e o esporte com certeza são as armas para que a nossa geração fique muito mais fortalecida. Todos nós estamos obedecendo esse protocolo e vamos preparar questão do esporte e eventos culturais que serão realizados aqui na Arena da Amazônia", ressaltou Jorge Oliveira, diretor-presidente da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar). 

    Para incentivar a presença de público no jogo, o Governo do Amazonas isentou o Manaus das taxas obrigatórias pelo uso da Arena. A operação para realização da partida ficou sob responsabilidade do Manaus Futebol Clube, incluindo a segurança no interior do estádio.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Manaus FC e Ypiranga-RS empatam na Arena da Amazônia

    Manaus recebe o Ypiranga na Arena da Amazônia com retorno da torcida

    Manaus FC foca para jogo contra o Ypiranga na Arena e com torcida