Fonte: OpenWeather

    Futebol manauara


    Times de Manaus marcam a história local em busca de títulos nacionais

    Times manauaras dão opinião sobre o assunto e contam como contribuíram com o esporte na cidade

     

    Manaus está bem servida com os times que compõe o quadro da modalidade local
    Manaus está bem servida com os times que compõe o quadro da modalidade local | Foto: Mauro Neto- FAAR


    MANAUS (AM) - O futebol manauara é um dos principais alicerces do esporte no Amazonas. Com seus altos e baixos, a modalidade é reconhecida e incentivada pelos torcedores e faz parte dos 352 anos de história da capital amazonense. 

    Manaus está bem servida com os times que compõe o quadro da modalidade local. Com torcedores fervorosos, as torcidas retornam aos estádios e fazem questão de ir prestigiar o time local. 

    Apesar de ter o incentivo da torcida, os times manauaras, por muitas vezes, precisam de investimento e reconhecimento de patrocinadores. 

    A falta de receita dos times atinge diretamente o desempenho dos jogadores em campo. Sem dinheiro não há investimento maior nos jogadores, contrato de outros e consequentemente, o esporte local busca melhorias. 

    No entanto, com todas as dificuldades, o esporte está em amplo crescimento e trilha, mesmo que aos poucos, o caminho para o reconhecimento nacional. 

    O que o futebol manauara precisa ?

     

    Os manauaras são apaixonados pelos times da cidade
    Os manauaras são apaixonados pelos times da cidade | Foto: Reprodução

    Investimento, é o que aponta o presidente do São Raimundo FC, Marivaldo Chaves, sobre o reconhecimento dos times manauaras para o cenário nacional. Ele acredita que são inúmeros fatores que podem contribuir com esse despontamento, no entanto, o primeiro passo, realmente, é uma injeção de receita nos times. 

    "

    Na minha opinião, são vários fatores que levam para que isso aconteça. No mínimo série B, quem sabe um dia a série A. Eu acho que o primeiro passo é o investimento. Essa parte do investimento na nossa cidade é muito carente no futebol "

    Marivaldo Chaves, Presidente do São Raimundo FC

     

    Ele ainda declara que para se fazer futebol na cidade, muitas vezes é necessário tirar do próprio bolso ou contar com a ajuda de amigos, pois se não houver esse suporte, o clube não segue em frente.

    "Você que faz futebol, se você não tiver amigos, parceiros, pessoas para lhe ajudar, você não consegue fazer", declara Marivaldo.

     

    Investimento é o que falta para o futebol manauara alavancar
    Investimento é o que falta para o futebol manauara alavancar | Foto: Divulgação

    O presidente do Manauara Esporte Clube, Marcus Souza, também acredita que o que falta é investimento. O dinheiro que seria investido nos clubes seriam para trazer boas contratações. 

    "

    Sem investimento não se consegue trazer bons jogadores e fazer com que esse investimento seja bem feito. Tem que ser bem gasto. Tem que ser feito uma análise técnica para isso, com jogadores qualificados que caibam no bolso e que possibilitem a honrar os compromissos. Precisamos ser bem vistos lá fora por jogadores queiram jogar aqui "

    Marcus Souza, Presidente do Manauara EC

     

    Já para o presidente do Atlético Rio Negro Clube, Jefferson Oliveira, a palavra chave para o reconhecimento nacional é organização. Ele acredita que se tivesse um planejamento melhor nas competições e também na criação de clubes, as coisas melhorariam. 

    "

    Precisa de organização. Valorização dos clubes. Parar com a ideia de clubes formados às pressas e sem compromisso "

    Jefferson Oliveira, Presidente do Atlético Rio Negro Clube

     

    Contribuição com o futebol manauara

    Apesar de haver um longo caminho a se percorrer para vir um maior reconhecimento nacional e a luta para chegar na série B da primeira divisão do Campeonato Brasileiro, muitos times manauaras dão suas contribuições há anos para que isso aconteça. 

    O trabalho não é apenas de um clube, mas sim de todos que cada um com seu talento e força, colaboram de alguma maneira. 

    O time que brilhou e trouxe muito orgulho aos manauaras, entre a década de 90 e nos anos 2000, foi o São Raimundo, que conseguiu chegar na série B, e disputou nos gramados com grandes times reconhecidos nacionalmente, como o Fluminense e o São Paulo. 

     

    Marivaldo relembra o legado que o Tufão contribuiu com o futebol de Manaus
    Marivaldo relembra o legado que o Tufão contribuiu com o futebol de Manaus | Foto: João Normando/FAF
    "

    O São Raimundo deu uma contribuição muito grande para que o nome de Manaus fosse elevado nacionalmente. Disputou por sete anos a série B do campeonato amazonense, foi vice-campeão brasileiro, perdendo o título para o Fluminense, que na época estava na terceira divisão. "

    Marivaldo Chaves, Presidente do São Raimundo FC

     

    Marivaldo ainda destaca que o São Raimundo ainda é um clube muito lembrado pelo país, mesmo não competindo mais em grande competições. 

    "Hoje, apesar do longo tempo, o São Raimundo está fora de competições nacionais, mas o clube ainda é um nome muito lembrado lá fora. Quando se fala em futebol amazonense, a pessoa lembra na hora 'São Raimundo'", afirma.

    O Atlético Rio Negro Clube é outro time que carrega um legado de histórias e contribuições para o futebol manauara. O presidente Jefferson destaca que são mais de 108 anos de existência e que a história do time se mistura com a de Manaus. 

    O espaço em que leva o nome do clube, foi palco de muitos momentos importantes para a sociedade manauara e também para o esporte da cidade. Sendo um espaço histórico de Manaus. 

     

    O presidente Jefferson Oliveira afirma que a história do Atlético Rio Negro se confunde com a de Manaus
    O presidente Jefferson Oliveira afirma que a história do Atlético Rio Negro se confunde com a de Manaus | Foto: Arquivo/Portal Em Tempo
    "

    O Rio Negro é parte importante desta cidade, afinal são 108 anos de existência. Onde foi formada toda a sociedade Manauara. Onde foram fundados quase todos os esportes do nosso Estado. Onde a Faculdade de Educação Física da UFAM foi criada. Local e onde aconteceram os principais eventos da cidade até a década de 90. Nosso Clube se mistura com a própria história de Manaus "

    Jefferson Oliveira, Presidente do Atlético Rio Negro Clube

     

    Fundado há quase um ano, em novembro de 2020, o Manauara EC é o caçula do futebol amazonense. No entanto, apesar do pouco tempo, já vem dando a sua contribuição para a modalidade, fazendo feitos raros. 

     

    O presidente do Manauara EC acredita que, apesar de novo, o clube já está fazendo feitos raros no futebol manauara
    O presidente do Manauara EC acredita que, apesar de novo, o clube já está fazendo feitos raros no futebol manauara | Foto: João Normando/FAF
    "

    Um time que começou esse ano, mas que tá tendo uma boa visibilidade a nível nacional, disputando um série B local. Que é uma coisa rara de acontecer. "

    Marcus Souza, Presidente do Manauara EC

     

    O gestor do time conta que o clube tem altas expectativas e que estão em um trabalho árduo para concretiza-las da melhor forma e colaborar para que o futebol manauara seja ainda mais reconhecido nacionalmente.

    "É um time que tem uma expectativa muito grande para o futuro e esperamos concretizar essa expectativa em realidade. Estamos trabalhando arduamente para isso e agora só Deus vai dizer de vamos merecer ou não", finaliza.

    Manaus FC

    O clube foi uma explosão no ano de 2019 quando o clube foi tricampeão Estadual, terminou o Campeonato Brasileiro da Série D de 2019 com média de 12.757 torcedores por partida e com a ascensão à terceira divisão nacional. 

    O Manaus Futebol Clube é atualmente o time amazonense em maior evidência no cenário nacional, tanto que ocupa a 63ª posição no ranking de clubes da CBF.

    Fundado em 5 de maio de 2013, o clube é responsável por reacender a paizão do torcedor amazonense pelo futebol local e inclusive quebrou o recorde de público da Arena da Amazônia em duas ocasiões diferentes, contra os sulistas Caxias (44.121 pessoas ) e Brusque (44.419 torcedores).

    Atualmente disputa a Copa Verde e a Série C do Brasileirão. 

    Leia mais: 

    Desportistas lançam candidatura para Federação Amazonense de Futebol

    Copa Verde 2021 inicia em outubro

    Esporte do AM recebe apoio de R$ 7 milhões com Auxílio Estadual